Uncategorized

Plauto preocupado com queda da receita causada pela redução da tarifa de energia

O deputado Plauto Miró (DEM), 1º secretário da Assembleia Legislativa, manifestou nesta segunda-feira (17) preocupação com a queda na arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nos cofres do Governo do Estado, com a participação do Paraná no programa federal de redução na tarifa de energia elétrica.

“Isso me traz uma grande preocupação, pois sabemos das necessidades que os governos têm para investir em áreas prioritárias, como segurança pública, saúde e educação, tão reivindicadas e alertadas pela população”, disse Plauto. Para o deputado, a atitude do governo federal provocará a redução da arrecadação da Copel, e quem sofrerá com isso será a população. Segundo o parlamentar, como paranaense, o governador Beto Richa levantou essa bandeira e tem defendido os interesses povo do Paraná.

O pronunciamento aconteceu durante a sessão plenária, quando o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, falou aos parlamentares sobre os reflexos da Medida Provisória nº 579/12, que dispõe sobre as concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. De acordo com Zimmer, o Paraná aderiu em parte ao programa nacional, que prevê redução de 20% nas tarifas, o que acarretará um impacto de R$ 450 milhões na arrecadação do ICMS ao ano.

4 Comentários

  1. Qual o lucro da Copel neste ano? Digamos que a Copel tenha um lucro de 1 bilhão este ano. O aumento do pagamento de dividendo aos acionistas da Copel que era de 25% do lucro da empresa passou, nesta gestão, para 35% do lucro do exercício – um aumento real de mais de 40% representando 10% a mais dos lucros para o bolso dos acionistas. 10% de 1 bilhão representa 100 milhões que deixarão de ser investidos em melhorias na empresa e vão direto para o bolso dos acionistas… Esse dinheiro não faz falta alguma para os paranaenses, mas o dinheiro que os paranaenses vão economizar todo mês na conta de luz vai fazer muita falta para todos nós, segundo as informações deste deputado que se diz preocupado com os paranaenses. Quanta demagogia minha gente.

  2. O nobre Deputado esqueçeu, entre as prioridades de investimento, a roubalheira…..é só NÃO roubar, não ficar gastando um absurdo em publicidade, que dá muitoooo bem para reduzir, não só a tarifa da Copel, mas da Sanepar tbem. Este Governo é uma verdadeira palhaçada. Governador por Status e não por competência, dá nisso.

  3. é só esse desgoverno incompetente para de nomear apaniguado e fazer propaganda começar a trabalhar que da pra baixar não só o valor da conta de luz como de muitos outros impostos.governo incompetente não há dinheiro que chegue.

Comente