Uncategorized

Requião barra votação de empréstimo de US$ 350 mi ao Paraná

Da Gazeta do Povo:

O senador Roberto Requião (PMDB) barrou ontem à noite a votação no plenário do Senado de um empréstimo de 350 milhões de dólares (R$ 731,5 milhões) do Banco Mundial (Bird) para o estado do Paraná. O contrato é o maior de um pacote de cinco negociações internacionais conduzidas desde o ano passado pelo governo Beto Richa (PSDB), que totalizam 635,7 milhões de dólares (R$ 1,329 bilhão).

Requião falou que não aceitaria votar a proposta “no escuro”. “Eu quero me recusar a votar um empréstimo que vai sobrecarregar o meu estado, o estado que eu represento, sem ter a menor ideia do destino desse recurso. Coloco minha objeção, ao mesmo tempo que tentarei obstruir isso”, disse o senador.

R$ 4,2 bilhões é o valor total das dívidas que o governo Beto Richa contraiu ou pretende contrair até aqui, dois anos depois do início da gestão.

Com o posicionamento, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), retirou o texto da pauta. A manifestação ocorreu logo após a apreciação de empréstimos similares para Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Ao contestar a votação, Requião indagou o relator da proposta, senador Delcídio Amaral, (PT-MS) sobre o destino da verba.

Amaral não soube explicar, mas disse que a negociação já havia passado por análise de vários órgãos de fiscalização do governo federal, como a Secretaria do Tesouro Nacional e o Ministério da Fazenda. Na manhã de ontem, antes de ser remetida ao Senado, a documentação foi assinada pela presidente Dilma Rousseff e pela ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

Os recursos do Bird serão utilizados em projetos nas áreas de educação (Renova Escola), saúde (Mãe Paranaense e Rede de Urgência e Emergência), desenvolvimento rural sustentável, gestão ambiental e de riscos de desastres e em ações de qualificação e modernização do serviço público. A expectativa é que o projeto volte à pauta do plenário do Senado hoje – caso contrário, a aprovação do empréstimo ficará para 2013.

25 Comentários

  1. O que não faz a dor de cotovelo. Esse cara leva tudo pelo lado pessoal. É ridículo. Não passa de um destemperado. E tem gente que vota num pária desses.

  2. Vejam paranaenses, este é o senador que que defende os interesses do Paraná ou seus interesses políticos próprios? Pensem bem para não errar nos próximos pleitos.

  3. Parreiras Rodrigues Responder

    O Governo do Estado do Paraná, através da sua secretaria de Comunicação, deve divulgar esse ato insano de um ex-governador que continua sendo admirado por uma legião de sádicos e sodomitas.

    Gente adepta do murro na mesa que a nada conduz, como as ações impetradas contra os reajustes das tarifas de pedágio – Requião não deixava barato, dizem, mesmo depois da bravata do Abaixa ou Acaba.

    “Entrei na Justiça contra o reajuste”, bradava, sabendo de antemão que o Estado, não êle, iria perder, o que resultaria em despesa evitável por parte do governo, digo, dos contribuintes.

  4. O homem vem falar de Estado que eu represento?
    Digamquantos beneficios que esse cidadão trouxe ao Estado do Parana depois de tantos anos no senado!

    Cala a boca requião que ajuda mais, voce calado seria um gênio.

  5. O senador roberto requiao é uma pessoa complicada como pode se recusar a votar um emprestimo ao paraná sendo que vai beneficiar muito a população paranaense atraves dos programas ja citados no site do fabio campana fica aqui meu voto de repudio ao senador roberto requiao.

  6. O Requião arrebenta as contas do Estado e, quando outro governador tenta desfazer suas burradas, ele não deixa! Aos eleitores do Requião: envergonhem-se.

  7. O Requião ultimamente anda enfrentando a história.
    Lembro que ele uma vez foi a Lapa para noticiar investimentos no município a custos baixíssimos ou a fundo perdido, só dependia da aprovação da câmara municipal. Para sua perplexidade os vereadores não aprovaram o regalo.
    Requião voltou de queixo caído.
    Quem estranha, precisa de mais estômago….

  8. Doutor Prolegômeno Responder

    É típico do comportamento. Como o pipoqueiro que se vinga da humanidade cruel botando mais sal na pipoca. Para ele, dedico a música da Maysa:
    meu mundo caiu
    e me fez ficar assim,
    você conseguiu,
    e agora diz que tem pena de mim…

  9. Requião sofreu uma grande derrota no ultimo sábado, e agora nervosinho vai querer prejudicar todo o Paraná?

  10. Pau que nasce torto, não adianta, nunca endireita. O Naoleon de Hospicio simplesmente faz o que sabe fazer, INFERANAR A VIDA DOS ADVERSARIOS.
    Assim como perde o amigos, mas nõ perde a piada tambem na sua atuação segue a mesma lógica da sua doentia personalidade. Não pedeu a chance de irritar seus ex-aliados que apoiam agora o desaFETO BETO.

  11. eutinhaesperança Responder

    Ora é claro que o Betico vai estrilar, mas o que o senhor senador solicitou foi informações na aplicabilidade do dinheiro. Ele nada mais quer saber onde vai ser aplicado o dinheiro que o Betico vai pegar e ele, que vai ser o próximo governador do Paraná, terá que pagar.
    Nada mais lógico do que isso.
    Se os senadores dos outros estados não querem nem saber onde o dinheiro vai ser gasto, o problema é deles.
    No Paraná do Requião não.
    QUER PEGAR DINHEIRO EMPRESTADO DEMONSTRE ONDE ELE VAI SER UTILIZADO.
    Como o Betico tá mais perdido do que cego em tiroteio, duvido que explique onde a verba vai ser utilizada

  12. A eleição do Requião para qualquer cargo público deve ser entendida como uma penitência a ser paga pelos paranaenses, e que só pode ser explicada à luz da psicanálise, como um caso de insanidade coletiva de eleitores bolivarianos.

  13. Paulo Siqueira Responder

    Quanto mal este senhor já fez ao nosso Estado. Ele representa o Paraná do atraso, ditatorial e das bravatas autoritárias. Até quando Paraná?

  14. Valéria Prochmann Responder

    Sociopata só consegue se destacar por meio de atitudes destrutivas, perversas e negativas. A lamentar.

  15. sergio silvestre Responder

    Então .depois de dois anos quer um emprestimo para locar onde?O requião está certo.

  16. Muito bem Senador! Para este governo que aqui esta, tem sim que se pedir vistas, Pois dinheiro para um playboy é um perigo.

  17. Pronto, e vem de novo o Benedito Pires travestido de eutinhaesperança, ou seria o Delazari??…

  18. erto"Zé Mané Responder

    O Governador que torne público onde irá usar esta dinheirama.
    Se o Requião não liberar após a divulgação, vamos às ruas para obrigá-lo a ceder.
    Um explica outro libera e tudo fica c

  19. Parreiras Rodrigues Responder

    EUTINHAESPERANÇA posta por postar sem ter se inteirado do assunto.

    Desenho: Nenhum pedido de empréstimo é aprovado ou pela instituição financeira solicitada ou pelo Senado, caso não apresente o destino da bufunfa.

    Quem se avexa assim, corre o risco de ensejar excelente transcurso de tempo equivalente a 12 horas do período de rotação a quadrúpede cavalar, ou a equino, ou a muar, ou a jerico.

  20. Com a atitude do Beto Richa, parece que o Requião tem razão.
    Primeiro que o Paraná foi um dos tres Estados a não querer dar o desconto da tarifa de energia que foi cobrado a mais do cliente da Copel nesses mais de 8 anos.
    Segundo que, querer repassar os dividendos para os acionistas da Sanepar já é de matar o povo.
    Essa questão precisa vir a tona e seer esclarecida para o povo, afinal tem eleições em 2014 e o povo quer saber direitinho essas coisas.

  21. O Sr. governador eleito B.Richa ja assumiu?
    Como ele pode solicitar emprestimos se ainda não assumiu o governo.

Comente