Uncategorized

Aécio e Campos reagem à tentativa de governo sufocar sigla de Marina

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Todos por Marina Os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) reagiram à tentativa do governo de sufocar o novo partido de Marina Silva. A candidatura da ex-ministra é vital para haver segundo turno em 2014. Diz o tucano: “A Rede, que Dilma quer asfixiar, é uma lufada de ar fresco diante da cooptação partidária promovida pelo PT”. Para Campos, “é inútil tentar barrar o processo político com casuísmo”: “Quando as ideias são justas encontram uma forma de se expressar”.

Eu não Gilberto Kassab nega que tenha pedido ajuda a Dilma Rousseff para aprovação de projeto que restringe acesso de novas siglas ao fundo partidário e ao tempo de TV. “Nunca tratei desse assunto com a presidente”, diz.

Placar O PSD, de Kassab, anuncia hoje apoio dos diretórios do Distrito Federal, da Paraíba e de Sergipe à reeleição de Dilma. Já são nove os Estados alinhados ao PT.

2 Comentários

  1. Por três votos a zero, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decidiu, na semana passada, que o tucano Aécio Neves continua como réu na ação civil por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual. O ex-governador é investigado pelo desvio de R$ 4,3 bilhões da área da saúde e pelo não cumprimento do piso constitucional de financiamento do sistema público de saúde entre 2003 e 2008. A mídia comercial, que adora um escândalo político, é tão seletiva que não deu qualquer destaque à decisão do TJMG.

    Cadê a mídia? Cadê o blog?

Comente