Uncategorized

O futuro do passado

Miriam Leitão, O Globo

A Venezuela contrata um futuro difícil, qualquer que seja o resultado da eleição deste domingo. O mais provável é a vitória de Nicolás Maduro para um novo período presidencial chavista. É o resultado da manipulação da emoção da morte do líder Hugo Chávez ao ponto do desatino. Ele foi apresentado como divindade. A oposição não teria, se ganhasse, a capacidade de suturar o tecido social do país.

A Venezuela vive uma divisão que só aumentou depois da morte de Hugo Chávez. Vem de erros políticos históricos, mas piorou pelo estilo de liderança escolhido por Chávez. Ele não fez a revolução que prometeu, mas aprofundou a clivagem entre os pobres, que são a clientela das suas políticas sociais paternalistas, e a classe média e elite do país.

O eleito terá que enfrentar um espantoso crescimento da criminalidade do país, que faz com que a Venezuela tenha se tornado um dos campeões na estatística de homicídios por 100 mil habitantes. A leniência com que Chávez tratou essa questão foi apenas um dos sintomas da sua inabilidade para as ações administrativas. Chávez dedicava seu tempo às ações de mobilização, como se estivesse eternamente em campanha.

Além disso, terá de enfrentar uma conjuntura econômica de inflação crescente. Já era alta e ainda está sendo elevada como efeito da forte desvalorização cambial. O desabastecimento que sempre houve no governo chavista, em alguns produtos, tem incomodado mais os consumidores. Nem a inflação, nem o desabastecimento devem melhorar a curto prazo. O país perdeu o melhor do boom do preço do petróleo que ocorreu durante os 14 anos de governo Hugo Chávez.

8 Comentários

  1. sergio silvestre Responder

    Ali tem a verdadeira guerra de pobres contra os ricos,que dizem,vai ser a terceira guerra mundial.
    Na Venezuela o pobre está vencendo,mas os ricos o que fazem de barulho.

  2. É triste ver mais um país sucumbindo ao populismo, receita velha e já gasta mas que ainda rende frutos. O pestismo tenta a todo custo implantar o mesmo tipo de governo aqui há uma década. E existe gente que adora este modelo, assim não sai do poder e garante ainda mais poder.

  3. CHAVEZ,LULLA,DILMA,MADURO E OUTROS COMPANHEIROS
    SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO,E O CAPETA JÁ REQUISITOU UM DELES,BREVE IRÁ REQUISITAR OS OUTROS.

  4. salete cesconeto de arruda Responder

    Não!
    Não!!!
    Miriam de TUSNAMI de novo?
    Desse jeito vai acabar com o TOMATE no pescoço feito a Ana. Mesmo sabendo que a MANDIOCA subiu bem mais.
    Miriam calada é uma sumidade.
    Rsrsrsrsrs

  5. Povo atrasado, e imprensa manietada é assim mesmo! Elegem Maduro lá; Lulla e Dilma cá, e Cristina acolá,
    O pior é que ninguém nota que onde esses comunistas ilusionistas, com a cabeça antes do muro de Bertlim metem a mão só sai m…!
    Todo país onde o Foro S.Paulo impera, está afundando, em todos os sentidos: economica; social e democraticamente.
    E há quem defenda esse bando de criminosos; inclusive aqui nesse espaço.

  6. Bebeu? É a própria besta do apocalipse, tudo o que ela previu de errado,pra Brasil não se concretizou, até o tomate a traiu.

  7. O povo só tem o que merece, se querem votar no atraso que votem então, Depois não reclamem.

Comente