Uncategorized

Campos diz a senadores que crise no Brasil é uma questão de tempo

De Maria Lima, O Globo:

Se houve um certo desconforto no almoço com apenas seis dos 12 senadores do bloco governista União e Força, o presidente do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, (foto abaixo), sentiu-se à vontade no jantar que varou a madrugada com 14 senadores do PMDB, DEM, PDT e até do PSDB na casa do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), na terça-feira.

Numa exposição de cerca de uma hora e, depois, em conversas que só terminaram às 3h da manhã de quarta-feira, ele disse que a gestão centralizadora da presidente Dilma Rousseff está emperrando o país e que é uma questão de tempo o estouro de uma crise maior diante de um cenário internacional em que os investimentos estão voltando aos Estados Unidos.

7 Comentários

  1. guri de palmas Responder

    Que guri linguarudo e falastrão.
    Só porque botaram um pouquinho de adubo na sua plantinha já se adha o futuro presidente e então já começou a desclassificar o governo do qual participou até ontem.
    Mas meu avô já dizia: praga de urubu não mata cavalo gordo, então ele que tire o seu jegue da chuva pois vai se molhar muito

  2. sergio silvestre Responder

    Não é uma questão de tempo,é uma questão de torcida,porque se continuar o pobre enchendo mercados e lojas,vamos varar o seculo com o PT no poder.

  3. Tudo bem que o cerne de nossa política não é a prática da ética.
    Porém, exacerba o governador em seu oportunismo. Enquanto os ovos de ouro refestelaram a todos do governo e apoiadores, com o consumo da herança da coroa FHC, tudo eram maravilhas. Bastou aparecer os primeiros sinais de dificuldades reais, e começa a debandada dos abutres.

  4. O neto do Miguel Arraes está jogando conversa fora. Mas como viaja e come de graça, e, de quebra ainda é pago pelo povo, fica falando estas besteiras todas. Não é preciso ser governador, senador ou deputado para saber que a nossa governanta adoraria governar sozinha, decidindo tudo e não ouvindo ninguém.

Comente