Uncategorized

Marcos Cordiolli fala sobre política cultural na Câmara

Eis uma nova e elogiável atitude que os antecessores de Marcos Cordiolli, na área cultural, não tiveram. Ele vai à Câmara Municipal na sessão plenária de terça-feira na condição de presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) para apresentar o balanço dos primeiros meses de sua administração, dados e projetos do órgão, responsável pela política cultural da cidade.

“É fundamental prestar contas do trabalho desenvolvido, e um dos principais espaços para isso é a Câmara de Curitiba. Os parlamentares poderão conhecer mais detalhes de nossas principais políticas e mudanças da gestão, além de projetos como a Tuboteca e o Educultura”, diz Cordiolli.

A Casa vai reservar ao presidente da FCC o espaço da sessão destinado ao grande expediente e às explicações pessoais. Regimentalmente, as atividades em plenário têm início às 9h, com o pequeno expediente e a ordem do dia.

2 Comentários

  1. Silas Angeli Rocha Responder

    Parabéns ao Marcos Cordioli. O antecessor dele e atual “chefe” da cultura no governo estadual nunca fez e nunca fará, pois a origem dele é Arena, PDS, PFL. Que triste isso para a Cultura do Paraná.
    Beto Richa, tome atitudes. A tua origem é outra. Não se entregue para a turma do OpusDeo e Cia. Ltda.

  2. Adriana Batista Responder

    Um homem respeitável,uma atitude que não deveria ser vista como louvável e sim como comum.
    Mas em de tratando de Brasil tenho que dar meu crédito,e meu parabéns com louvor para o exemplo do Marcos Cordiolli.

Comente