Uncategorized

Richa anuncia duplicação de Rodovia dos Minérios para 2014

Da Gazeta do Povo:

O governador Beto Richa anunciou neste sábado (27) que o governo irá realizar a duplicação de um trecho da rodovia PR-092, conhecida como Rodovia dos Minérios, que liga Curitiba a Almirante Tamandaré e Itaperuçu, na região metropolitana. Ao todo, 28,7 quilômetros serão duplicados, totalizando um investimento de R$ 181 milhões feito em parceria com o Grupo Votorantim. O início das obras está previsto para 2014.

Richa afirma que o objetivo da obra é melhorar o percurso para facilitar o deslocamento entre as cidades. “Sei bem o quanto a duplicação da Rodovia dos Minérios é fundamental para os municípios da região”, disse o governador em entrevista à Agência Estado de Notícias, orgão oficial de comunicação do governo. “As duplicações também facilitam o acesso do transporte de cargas que chegam na cidade”, completou o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

Segundo o acordo do estado com o Grupo Votorantim, o recurso será fornecido através de um crédito que será dado no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias, Bens e Serviço (ICMS). A empresa vai executar a duplicação e posteriormente abaterá os valores investidos no imposto a pagar.

Na lista de duplicações programadas e com projetos em licitação ou andamento para a Região Metropolitana de Curitiba, estão as ligações entre Piraquara e Pinhais, o Contorno Norte e a ligação até Fazenda Rio Grande. Além destas obras estão previstos estudos para pavimentar a ligação de Cerro Azul a Doutor Ulysses e a Estrada do Cerne.

15 Comentários

  1. Governador Beto Richa, tem trabalhado sem parar, todos os dia são lançadas novas obras,sejam em rodovias novas , rodovias duplicadas e recuperadas o transporte do Paraná nunca recebeu tanta atenção do Governo Estadual, completando com a Patrulha Rural que está aparelhando todos municípios para que além de recuperar as estradas rurais, as cidades também possam fazer a manutenção das mesmas, com as máquinas os projetos e o apoio financeiro do Estado, investimentos que num futuro bem próximo retornará ao Paraná,em de forma segurança para o transporte dos cidadãos, estrutura para escoar a produção agrícola.

  2. É isso aí betão,vamos recuperar os anos perdidos do passado,e preparar nosso Pr para todos.

  3. Vigilante do Portão Responder

    Mais uma promessa.

    Para 2014…
    às vésperas da eleição,
    Vão “inaugurar” a obra.
    Colocam algumas máquinas na pista, iniciando a Terraplanagem.

  4. Anuncia obras, anuncia obras, anuncia obras e anuncia obras.Será que essa duplicação vai ser feita de concreto igual do contorno?Se for logo o estado vai ter que asfaltar ,pois foi o que aconteceu no contorno.Logo nosso dinheiro vai ajudar duas vezes a Votorantim primeiro pagamos o concreto, com os creditos do ICMS depois o asfalto com os impostos de sempre.

  5. José Novaes Faraco Responder

    Para Londrina, duplicação da PR-445, só se for pedagiada. A do
    minério quem está pagando é o Governo do Estado, a Votorantim está adiantando pagamentos de ICMS. A nossa quem pagará, seremos nós. Certamente os paranaenses da região metropolitana de Curitiba, merecem mais que nós, ao menos para o Governador Richa, assim o é.

  6. O Governo parece biruta de aeroporto em tempestade! Não tem coordenação e tem grupo de interesse. Neste grupo estão: Roldo, Silvestre, Hauly, Tanigushi, Rossoni, Casagrande. isso não é grupo …

  7. sergio silvestre Responder

    E as prometidas que são retiradas de pauta.
    A 445 .essa vergonha de rodovia que voces pedagiaram a parte conservada,deixando 79 km de curvas a Deus dará.
    Até o estudo do projeto foi retirado,e nós Londrinenses(eles né) te deram 75% dos votos.
    Cara,vou te cobrar isso em todas redes sociais,independente de postarem ou não.

  8. Ta bom, e a duplicação da rodovia Guaira-Maringa, que é recordista em mortes, e foi prometida pelo governador, para inicio em 2011, ainda esta na intenção do “brimo”?

  9. E IAGUAL A sacanagen na rodovia do “encanamneto” ctba piraquara, tem gente que acredita, e comissinado que defende.

  10. Mauricio Ostrowski Responder

    Pura conversa! Vai deixar o estado atolado em dividas, para o proximo governador!

  11. Se demorar o mesmo que demorou para fazer metade do trecho da Linha Verde, vai precisar de no mínimo mais uns três mandatos para entregar a obra pronta até Almirante Tamandaré… Falastrão.

Comente