Uncategorized

Balança registra deficit de US$ 994 milhões e pior abril da história

Da Folhapress, na Gazeta:

A balança comercial brasileira, que mostra a diferença entre as importações e as exportações do país, apresentou deficit de US$ 994 milhões em abril, o pior resultado já verificado para o mês desde o início da série histórica em 1993. No acumulado do ano, o resultado negativo já chega a US$ 6,2 bilhões -outro recorde negativo histórico. Os dados foram divulgados hoje pelo Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

A diferença entre o cenário vivido pelo país este ano e em 2012 é gritante. Em abril do ano passado, a balança comercial registrou superavit (ou seja, resultado positivo) de US$ 900 milhões. E de janeiro a abril daquele ano, apresentou saldo positivo de US$ 3,3 bilhões.

O resultado do mês passado foi consequência de importações de US$ 21,6 bilhões, alta de 5,2% frente a abril de 2012, e exportações de US$ 20,6 bilhões, queda de 4,1%.

O deficit de abril era esperado pelo governo que, desde o início do ano, alertava para a possibilidade de resultados negativos nos primeiros meses de 2013. Isto porque o país iniciou o ano com um grande “estoque” de operações de importação de combustíveis feitas pela Petrobras em 2012 e que não foram contabilizadas no saldo comercial do ano passado.

A expectativa era que o descompasso fosse resolvido em março, o que não aconteceu. De um total de US$ 2 bilhões em compras ainda em atraso, foram registrados apenas US$ 200 milhões em importações. Com isso, houve um pequeno superavit de US$ 164 milhões em março, considerado fora da curva.

Exportações e Importações

As exportações em abril somaram US$ 20,6 bilhões, com queda na venda de produtos manufaturados (-3,9%) e básicos (-5,5%). Já os semimanufaturados tiveram ligeira alta de 1,5%. Nos quatro primeiros meses do ano, as vendas do Brasil para o exterior alcançaram US$ 71,5 bilhões, queda de 3,1% frente ao mesmo período do ano passado também pela média diária. As importações alcançaram US$ 21,6 bilhões em abril com alta em todas as categorias de produtos: combustíveis e lubrificantes (0,1%), bens de capital (3,2%), matérias-primas e intermediários (7,2%) e bens de consumo (9,1%).

No acumulado do ano, as compras do exterior chegam a US$ 77,6 bilhões, alta expressiva de 10,1% frente ao mesmo período de 2012.

Efeito Petrobras

Em janeiro, o governo alertou que a balança comercial deveria apresentar deficit nos primeiros meses do ano porque um grande “estoque” de operações de importação de combustíveis feitas pela Petrobras no terceiro trimestre do ano passado não foi contabilizado no saldo comercial de 2012.

No total, US$ 4,5 bilhões em compras deixaram de ser registrados nos dados da balança do ano passado. Até março, cerca de US$ 2,5 bilhões já haviam entrado nos cálculos.

Balança em 2012

A balança comercial apresentou superavit de US$ 19,4 bilhões no ano passado, o resultado mais baixo desde 2002. A queda foi de 35% ante 2011 -quando o superavit foi recorde, ficando em US$ 29,7 bilhões. O resultado da balança comercial vinha se mantendo positivo, sempre acima dos US$ 20 bilhões, desde 2002 -quando o superávit foi de US$ 13,2 bilhões.
As exportações no ano passado somaram US$ 242,6 bilhões -queda de 5,3% frente a 2011- e as importações caíram 1,4%.

3 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Reply

    Na campanha da Dilma, ele e ela apareciam abrindo um poço por dia,e ainda decantavam o fenômeno do pré-sal. Passadas as eleições, dana comprar combustíveis e lubrificantes. E dê-lhe desonerar automóveis pros engarrafamentos que dona Graça Foster da Petrobrás diz adorar.
    Que segura o prato da balança é o agronegócio. O homem do campo – não os de futebol, produz. Mas na hora de tirar da roça se phodhe todinho. Sem rodovias, nem ferrovias, e nossos portos não figuram na lista dos cem melhores, encabeçada pelo de Singapura.
    A popularidade desse governo incompetente e corrupto se deve ao clientelismo arrebanhado justamente por causa dos programas sociais criados no governo FHC e que Lula tanto maldizia – vide youtube – Lula e as bolsas.

  2. Vigilante do Portão Reply

    Enquanto isso,

    Dilma, na TV, parecia “ALICE NO PAIS DAS MARAVILHAS”.

    Nada de mostrar:

    A Queda do PIB;
    A Inflação elevada;
    A Balaça Comercial desabando;
    A queda da Produção Industrial.

Comente