Uncategorized

Duas táticas

Ilimar Franco, O Globo

As linhas mestras das campanhas do PT e do PSDB para as eleições presidenciais estão definidas. A dos petistas é colar a presidente Dilma ao ex-presidente Lula e oferecer o pacote fechado dos feitos de 12 anos de governo.

A dos tucanos é fazer um corte e debater os resultados concretos dos quatro anos do governo Dilma, cujos indicadores são considerados piores que os de Lula.

Nos últimos dois meses, o PSDB vende a tese de que o governo Dilma perdeu o controle da situação. Aécio Neves, candidato tucano, acusou: “O PT sempre foi permissivo com a inflação”. O Instituto Teotônio Vilela proclamou “o aumento da possibilidade de faltar energia no país”.

Em outro texto, o instituto denuncia: “Antes superavitário, o comércio com os europeus passou para o vermelho”. O partido fez um seminário destinado a “recuperar a Petrobras”, que, segundo o ITV, está no “fundo do poço”.

Nas eleições de 2002, a atriz Regina Duarte foi à TV alertar: “O Brasil corre o risco de perder toda a estabilidade. Outra coisa que dá medo é a volta da inflação desenfreada”.

4 Comentários

  1. Não sou marqueteiro e nem analista politico, mas salientar os 12 anos dos malfeitos petistas é meio perigoso, ou perigoso. E ficar batendo no pestismo, dizendo só o que eles fizeram de mal, também não leva a nada, e de quebra não devolvem os tucanos ao poder. O povo vota com a barriga e mais nada. O que o povo quer é a manutenção da caridade estatal, Bolsa Isto e Bolsa Aquilo, se presta ou não, não interessa, com tanto que ganhe, está valendo.

  2. PUTZ… ESSA “mulher”??? JÁ É FEIA. AGORA NESTA FOTO, ESTÁ SIMPLESMENTE ASSOMBROSA!!!!

Comente