Uncategorized

Governo estuda criação de polo aeronáutico no Paraná

Motivado pelas negociações com empresas do setor de aviação e pela aprovação da lei que criou o programa Paranaéreo, que define incentivos específicos à cadeia produtiva aeronáutica, o Governo do Paraná debate a viabilidade econômica da implantação de um polo aeronáutico no Estado.

O tema foi assunto de uma reunião entre os secretários Cássio Taniguchi (Planejamento), Ricardo Barros (Indústria e Comércio) e Alípio Leal (Ciência e Tecnologia) e representantes do Tecpar, ITA, BRDE e Ipardes, onde ficaram definidas ações a serem desenvolvidas por cada um dos setores, com o objetivo de avaliar o potencial e desenvolver o polo.

4 Comentários

  1. Menas gente, menas, o mercado aeronáutico está explodindo no Brasil não é mesmo? No estado vizinho também vão entrar nesta fabricar teco teco. E quem é que vai cobrar estas maquinas voadoras? Talvez as nossas estatais, como a da luz fez recentemente.

  2. Buááááááá!!!!!!A Anac descubriu que tavam usando o aeroporto clandestino!!!!!!!!!!!!!

Comente