Uncategorized

Mensaleiro trancado

João Paulo Cunha deixa faculdade de direito.

Do Lauro Jardim:

João Paulo Cunha trancou sua matrícula no curso de Direito que fazia desde fevereiro no IDP, que tem Gilmar Mendes como sócio. Motivo: Cunha quis acrescentar créditos de disciplinas feitas quando cursou Direito em Osasco, entre 1999 e 2001. Como o IDP só aceita os créditos concluídos há cinco anos, Cunha preferiu sair. (Leia mais em Primeira aula).

3 Comentários

  1. O cara foi até presidente da Câmara e nem formado é? Que absurdo. Talvez por faltar-lhe um pouco mais de conhecimento é que foi pego com a boca na botija. E por que estudar Direito? É coincidência?

Comente