Uncategorized

Presidente do PV em Londrina é preso suspeito de pedofilia e abuso

PV, Marcos Colli, preso, pedofilia, abuso sexual, menores, Gaeco, Londrina

Do G1 PR:

O presidente do Partido Verde (PV) em Londrina, no norte do Paraná, Marcos Colli, foi preso na tarde de segunda-feira (20) suspeito de abuso sexual de menores e pedofilia. A prisão foi efetuada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) quando o político saía de uma agência bancária na Prefeitura Municipal.

De acordo com os policiais, Marcos já era investigado há meses e teve a prisão decretada após novas denúncias e também buscas feitas na casa e nos computadores dele.

Após a prisão, o presidente do PV foi encaminhado para a unidade 2 da Penitenciária Estadual de Londrina. O advogado dele, Maurício Carneiro, informou que ainda está se atualizando sobre as acusações e que pretende entrar com um pedido de revogação da prisão.

Marcos tem 50 anos, é advogado e foi candidato à prefeito de Londrina em 2008. Atualmente ele trabalhava como assessor da presidência da Câmara de Vereadores.

7 Comentários

  1. Acho que o MP assumiu sozinho muita responsabilidade. O combate a corrupção nesse País produz uma reação desproporcional, pois infelizmente a maioria está do outro lado!

    Vejam que prosa!
    OAB decide apoiar proposta que tira poderes do Ministério Público
    Terça-feira, 21 de Maio de 2013 – 9:51 hs

    Da Agência Brasil, Gazeta do Povo:

    O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu nesta segunda-feira (20), por maioria de votos, apoiar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que tira poderes de investigação do Ministério Público. O texto, em tramitação na Câmara dos Deputados, determina que somente as polícias podem apurar crimes.

  2. Ao que me consta esse sujeito já presidente do PMDB, Chefe de Gabinete do Belinatti e entrou para o PV sobre as bençãos da direção estadual do partido. Isso porque os verdes de Londrina queriam distância do sujeito. Então eles tinham razão!!!

  3. sergio silvestre Responder

    Puxa vida,conheço o distinto que gosta demais do verde e vegetais.
    Acabou sendo seduzido por carne tenra e mole mas engasgou com um talo de rucula.
    Agora vai para cela especial com dois negóes sem trocar oleo por muitos dias,vai ser do partido bem mais verde do que o costuma.

  4. sabe-se que é uma doença que não tem cura; ao cumprir pena volta a infringir; muitos doentes pedem para serem castrados de forma quimica ou cirurgica. Está na hora de se criar um projeto de Lei para tais situações incluindo estupradores.

Comente