Uncategorized

Político do PV suspeito
de pedofilia é transferido para sala de quartel

O presidente do Partido Verde em Londrina, Marcos Colli, foi transferido da unidade 2 da Penitenciária Estadual de Londrina para uma sala especial no quartel do Corpo de Bombeiros. Marcos Colli tem direito a cela especial por ser formado em Direito. Colli foi preso na tarde desta segunda-feira sob acusações de abuso de menores e pedofilia.

Saiba mais:
Encontramos a ponta do iceberg, diz MP sobre prisão de Marcos Colli
Marcos Colli foi afastado e Mário Takahashi assume PV em Londrina
Presidente do PV em Londrina é preso suspeito de pedofilia e abuso

4 Comentários

  1. É SALA ESPECIAL PRA BANDIDO,
    É VALE-CHACK DE R$ 1.350,00 PRA NÓIA,
    É BOLSA-FAMÍLIA PRA MERCENÁRIOS,
    É VALÉ-PRESIDIO DE R$ 730,00 POR DEPENDENTE,
    É VACINA GRATUÍTA PRA PESIDIÁRIO…

    MEU “DEUS”, QUANDO É QUE VÃO DAR ATENÇÃO A CLASSE TRABALHADORA.
    SERÁ QUE TEMOS ALGUMA CHANCE, OU TEREMOS QUE VIRAR MAIS UM NÓIA OU MAIS UM BANDIDO.
    SOCORRE MP…

  2. Concordo com você Socorro. Quem sustenta este país é a classe trabalhadora para os nóias terem os tais direitos humanos, direitos que nós não temos. E nós somos o que? Burro de carga pelo visto!!

  3. Peraí, deixa eu entender! O cara era assessor do Prefeito que não sabia de nada? Eta miopia. Como ele pode gerir uma cidade se não sabe nem quem contrata na Prefeitura?
    O tal era presidente do PV e ninguem no partido sabia de nada??Eta miopia! Como este partido quer cargos se não sabe nem quem está no partido? Agora uma coisa não podemos negar. O cara teve poder por muito tempo! Esta rede tem muita gente com poder fazendo um sistema social complicado para que seja dificil tanto as denuncias contra eles pelas vítimas assim como a prisão dos culpados. Assustador!!

  4. É isso ai Socorro. Todo tem direito no país menos quem trabalha. Somos os burros de carga de toda esta cambada!

Comente