Uncategorized

Gleisi e a CPI da Petrobras: problema
do Lobão

Do Josias de Souza:

Alcançada pelos repórteres numa solenidade do governo petista do DF, a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) foi questionada sobre o pedido de abertura de uma CPI para investigar a Petrobras na Câmara. Cuidou de chutar para longe a macumba: “O ministro Lobão está acompanhando esse tema.”

Edison Lobão tem duas razões para acompanhar esse tema. Apadrinhado de José Sarney, ele supostamente comanda a pasta de Minas e Energia, de cujo organograma pende a Petrobras. De resto, deve-se ao PMDB, partido de Lobão, o surgimento do pedido de CPI.

Quem observa o requerimento protocolado na Câmara impressiona-se com a quantidade subscritores governistas. Das 199 assinaturas, 52 são de deputados do PMDB, 26 do PP, 13 do PSC, 9 do PR e do PTB, 3 do PDT, 3 do PSD, 2 do PSB, 1 do PRB e 1 do PCdoB.

Fica evidente que desandou a receita política da cozinha do Planalto. Nessa cena, Gleisi aparece ao lado do caldeirão. Lobão está dentro dele. A CPI? Ninguém acompanha adequadamente o tema. Até aqui, o pessoal que acha que governa o país discordava nos detalhes. Agora, a turma já não consegue se entender no essencial.

5 Comentários

  1. Vigilante do Portão Responder

    COVARDE!

    Na hora de colher LOUROS do PRE Sal, A Gleisinha é da EQUIPE.

    Na hora que dá merda,

    Hummm,
    Não é comigo…

  2. ELEMENTAR MEU CARO CAMPANA: É PURA RETALIAÇÃO DA BASE CONTRA O ROLO COMPRESSOR DA MP DOS PORTOS. SIMPLES ASSIM.

  3. Vigilante do Portão Responder

    Dou exemplo:

    Na propaganda eleitoral Gleisinha apareceu na telinha, dizendo, entre outras coisas, que a Petrobras está investindo no Pré-Sal.

    Seria reflexo da competencia da administração do PT.

Comente