Uncategorized

Marcha das Vadias estimula mulheres a denunciar agressões

O Globo

A Marcha das Vadias, em sua terceira edição em São Paulo, percorreu neste sábado as ruas da região da Avenida Paulista e do centro da capital. Na ocasião, manifestantes distribuíram cartões informativos de onde as mulheres podem denunciar a violência sofrida e ainda sobre pontos de apoio às vítimas da violência.

O tema deste ano proposto pelo coletivo feminista, “Quebre o Silêncio”, tem por objetivo incentivar que as violências sexual e doméstica sejam denunciadas. Segundo a Marcha das Vadias, a cada dia, em média, 2.175 mulheres telefonam para o 190 denunciando que são vítimas de violência. Em 89 % dos casos, o agressor é o companheiro ou ex-companheiro da mulher.

11 Comentários

  1. O que elas querem é receber uma proposta gorda e posar peladas para uma revista masculina. Só que precisa melhorar a qualidade e muito.

  2. parabens a todas as mulheres q participaram, e a essa guerreira da foto, q foi enfrentar o absurdo preconceito q existe contra o corpo feminino, milhares e milhares de homens andam com o peito nú pelas ruas, sem nenhum medo de serem estuprados ou chamados de vadios ou putos, pq o corpo feminino só desperta impropérios, é sensualizado, considerado indecoroso e indecente por tanta gente…

  3. sergio silvestre Responder

    Para o muié do Abraão,eu gostaria muito de apalpar,e até de voltar a minha idade de nenem para mamar neles.

  4. SARA:
    Diga onde voce anda com os seios de fora que eu vou verificar.
    Mas manda a foto antes para ver se vale a pena…

  5. Servidor Municipal Responder

    Acho que pelo andar da carruagem daqui a pouco vamos tirar a roupa toda até para vir ao trabalho. A coisa descambou para a vulgaridade mesmo. Queria ver nos anos 80 se essa turma se criava.

  6. -Pegava!!!!!
    -Ô delícia…assim você me mata….e pensar que tem homem que não gosta…não tem problema…sobra mais para os viris!!!!

Comente