Uncategorized

Motoristas e cobradores vão parar por uma hora nesta quarta-feira para pedir mais segurança

De Luiz Henrique de Oliveira, Banda B:

Os motoristas e cobradores de Curitiba irão parar por uma hora nesta quarta-feira (29) para pedir mais segurança. Das 9h às 10h a concentração, promovida pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba (Sindimoc), acontecerá na Praça Rui Barbosa, no Centro de Curitiba, e no Terminal do Alto Maracanã, em Colombo, região metropolitana de Curitiba. A previsão é que nenhum ônibus circule pela capital neste intervalo de uma hora.

A principal motivação para a manifestação foi a morte, durante uma possível tentativa de assalto, do cobrador Osmair Caldeira da Silva, de 31 anos, dentro de um ônibus na Estrada da Ribeira, em Colombo, na noite do último domingo. “O objetivo é protestar e demonstrar a revolta dos motoristas e cobradores pela falta de segurança que levou mais uma vez um trabalhador e pai de família à morte”, afirmou Anderson Teixeira, presidente do Sindimoc.

De acordo com o Sindimoc, “durante a manifestação, que terá duração de uma hora, os coletivos serão abordados pelos manifestantes e neles colocados faixas de LUTO, para que com isso a sociedade e as autoridades tomem conhecimento da insegurança que impera no sistema”.

Na manhã desta terça-feira (28), a Banda B informou sobre o terceiro assalto em uma semana que sofreu o cobrador de uma estação tubo no bairro Parolin. “É sempre o mesmo ladrão. Infelizmente até já sei quem é”, disse o profissional, que com medo pediu para não ser identificado.

A escolha do horário da manifestação (das 9h às 10h), segundo o Sindimoc, é para não prejudicar a grande maioria dos trabalhadores que usam o transporte coletivo.

A Urbs ainda não se manifestou sobre a paralisação dos motoristas e cobradores.

4 Comentários

  1. arne aknussen neto Responder

    Issé coisa de comunistas e agitadores. O Paraná é um estado tão seguro quanto o Japão. Coisa de gente que quer denegrir a imagem do nosso competentíssimo governador!

  2. …Os motoristas e cobradores de Curitiba irão parar por uma hora nesta quarta-feira (28). Quarta feira será dia 29, ou a paralisação será hj, terça feira????

  3. Analista de Bagé Responder

    Avisem adequadamente a população que depende de ônibus e horários para seus compromissos (consultas médicas, etc…).

    Feito isto, o manifesto conta com meu total apoio.

    A vida não vale mais nada para ladrões de galinha, que por um trocado de passagens, acabam para sempre com as chances de uma família inteira ter uma história feliz.

    É preciso que as autoridades sejam rápidas e firmes nos casos de furtos e roubos contra os cidadãos, principalmente os trabalhadores no exercício de sua função.

    Infelizmente, os cobradores são alvos destes drogaditos que trocam qualquer punhado de moedas por uma pedra de crack, que matam sem pensar, sem que haja nenhuma reação.

    Para piorar, a população ainda consegue reclamar destes trabalhadores que arriscam seu emprego e sua própria vida para guardar o dinheiro das passagens em um cofre, causando a ira dos marginais quando só encontram o valor autorizado para troco…

    Situações semelhantes, mas com Sindicato nem tão atuante, ocorrem com os Carteiros e outras categorias profissionais, que por menor que sejam os valores que transportam e cuidam, são alvos dos piores marginais… os viciados em crack…

  4. O que mais chama a atenção é a inação da Prefeitura, se já se sabe aonde acontecem os roubos, porque não postar lá guardas municipais armados e disfarçados? Por viatura encostada em estação tubo espanta a bandidagem, que vai assaltar a próxima estação.

Comente