Uncategorized

Fruet investe menos que obrigatório em saúde

O secretário de Saúde de Curitiba, Adriano Massuda, revelou ontem aos vereadores que a prefeitura investiu 14,18% da receita líquida total na saúde pública municipal.

Pela lei federal de 2012, o mínimo a ser aplicado no setor é de 15%. Massuda justificou que historicamente a fatia de investimentos na saúde é menor em janeiro. No entanto, a meta deve ser superada nos próximos meses. “No ano que vem, pretendemos investir 16% da verba, o que correspondente a aproximadamente R$ 597 milhões”, afirmou.

3 Comentários

  1. ESSE É BEM O TIPO pt “partido do trambique” DE (des)GOVERNAR. NEM LIGUEM, AFINAL SÓ FALTAM APENAS 3 ANOS E ALGUNS MESES PARA AGUENTAR ESTES coruPTos NA PREFEITURA DE CURITIBA.

  2. são todos do mesmo saco. pt-zada, mais os bolsos cada vez mais cheios. e a turma amiga do prefeito segue a regra.
    sabem qual é o projeto de governo desse grupo?
    aperfeiçoar a arte de enrrolar $$$$$$

Comente