Uncategorized

Um clima ‘tenebroso’ no Palácio do Planalto

Do Poder Online, iG:

Quem circulou pelo gabinete da presidente Dilma Rousseff nos últimos dias diz que o clima no Palácio do Planalto anda “tenebroso”.

O desânimo, diz uma pessoa com trânsito no governo, decorre de uma combinação de três fatores: o mau humor provocado pela pesquisa, o mau humor resultante das críticas à economia e os ânimos estremecidos da própria presidente.

11 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Cargos como este, ninguém é obrigado a ocupar, pois, em geral são disputados a tapas e outras baixarias piores pelos interessados. Pode-se dizer que, em sendo um poste-criatura de Lula, madama presidenta atendeu ao chamado grande chefe para ocupar a curul presidencial. Mas, dizia Harry Truman sobre política que quem não aguenta o calor, que saia da cozinha.

  2. Doutor Prolegômeno Responder

    By the way, se Harry Truman vivesse no Brasil, certamente, mudaria sua frase para: quem não aguenta a catinga, que saia da pocilga.

  3. É fruto das festividades do fim do “Dêcenio que mudou o Brasil”, do fim dos frutos da “Herânça da Corôa”, e o começo do pagamento dos “Desmandos do Decênio”.

  4. Ué… é só mandar a salete e o serginho lá prá lembrar pra presidanta que “é tudo invenção da imprensa golpista junto com FHC e a turma que “torce” contra esse maravilhoso e incorruptivel governo.

  5. O PT não foi forjado para o diálogo, pois não possui habilidade para cultuar as virtudes da democracia. Sua credibilidade sustenta-se no templo da massa ignorante, beneficiários do programa Bolsa Família. Quer impor a qualquer custo, suas idéias e vontades e os malefícios dessa imposição estão retratados nas pesquisas. Fazem de tudo para abalar a confiabilidade do FHC, o arquiteto do Plano Real. A presidente sabe que é mais fácil cruzar o rio amazonas a nado, que recuperar a credibilidade perdida. Infelizmente, legitimamos com nosso voto, pessoas que legislam contra a população, que se envereda por caminhos que a lei não permite.

  6. A imagem da lojinha de R$ 1,99 em POA, que faliu por absoluta incapacidade gerencial em priscas eras, é o fantasma mais assíduo a visitar a alcova presidencial nos últimos tempos.
    Além do leito imperial, esse demônio, que aparece trajando fantasia de R$ 1,99, visita também as camas de milhões e milhões de brasileiros, todas as noites. Mas somente as camas de quem tem algum resquício de conhecimento, e alguma memória; mesmo que parca, trocando seu sono reparador, por preocupações terríveis! –
    Não é pra menos. Tamanho grau de incapacidade não pode ser olvidado; não pode ser ignorado, e muito menos camuflado sob as fímbrias da Faixa Presidencial!

  7. Vigilante do Portão Responder

    Parecem “baratas tontas”.

    Num dia,
    Anunciam corte nos gastos para combater a Inflação;
    Noutro dia, abrem linha de crédito, com R$18BI, para compra de móveis, geladeiras…

    É para cortar gastos, ou para aumentar as aquisições?

    Vá entender.

  8. Mané do Sudoeste Responder

    Então já estão acontecendo chuvas,trovoadas em Brasília. E podem ocorrer tempestades no futuro, então as marolinhas podem evoluir para furacões.Pois é a economia,a inflação,e mais algumas coisas está todo mundo vendo o que está ocorrendo,menos a thurma de Brasília.Ainda bem que tem Copa das Confederações para esconder um pouco os problemas.

Comente