Uncategorized

Frente divulga nota e isola vândalos em Curitiba


A Frente de Luta pelo Transporte de Curitiba – um dos movimentos que tomou frente da passeata que reuniu mais de 12 mil pessoas em Curitiba – divulgou nota no Facebook lamentando os atos de vandalismo ao Palácio Iguaçu. “Aconteceu um embate no final da manifestação depois que 15 pessoas invadiram o Palácio e depredaram o patrimônio público. A Frente de Luta pelo Transporte de Curitiba informa que orientou e coordenou a marcha para finalizar na Santos Andrade, mas a marcha seguiu para lá. Lamentamos profundamente este ocorrido, pois a manifestação foi totalmente pacífica e tranquila até este momento, não houve nem um registro de conflito”, diz a nota divulgada nas redes sociais.

6 Comentários

  1. Não vem com história! É coparticipante! – Tem responsabilidade conjunta! –
    Na hora de promover a anarquia, assume o comando. Na hora do penino, dá uma de Lulla: Não fiz nada; não vi nada! Tá muito bem!

  2. ARTIGO/ IVAIPORÃ- “Ônibus gratuito é possível”

    Em meio a polêmicos protestos por causa do transporte coletivo, recebemos este arquivo de um sistema implantado em Ivaiporã que funciona ate hoje. O Artigo fui publicado por uma revista em 2001:
    Dezembro de 2001
    Ivaiporã resolve o problema da falta de transporte com uma medida que, entre outras vantagens, oferece o serviço gratuitamente
    Boa parte das cidades que apresentam um número de habitantes inferior a 100 mil pessoas enfrenta o problema de não possuir transporte coletivo ou quando tem, apresenta uma frota de ônibus em péssimo estado de conservação que, muitas vezes, não atende todos os bairros do município. Até julho deste ano, Ivaiporã também se enquadrava nesta situação. Com aproximadamente 40 mil habitantes, a cidade – localizada no Vale do Ivaí (porção central do estado do Paraná) – dispunha de apenas uma linha de ônibus com um veículo velho e sem manutenção. A falta de interesse das grandes empresas de transporte coletivo em se instalar na cidade, devido ao pequeno número de habitantes (e, por conseqüência de usuários), levou o prefeito de Ivaiporã, Pedro Wilson Papin (PTB), a desenvolver um projeto de lei no qual foi determinada a implantação deste tipo de transporte, que entre outros benefícios, trouxe um grande diferencial: o serviço é gratuito para a população

  3. GLISSYA PESSOA Responder

    ISSO só vem provar que o sistema toma lá da cá não pode continuar.As pessoas que o próprio eleitor colocou para lhes representar(não todos) são macumunados com os empresários e jamais votariam a favor de algo que prejudicasse seus pactos vergonhosos

Comente