Uncategorized

Partidos governistas apoiam plebiscito para reforma política

Do Globo:

BRASÍLIA — Na reunião com a presidente Dilma Rousseff, na manhã desta quinta-feira, os presidentes dos dez partidos governistas apoiaram o plebiscito para reforma política. Somente o presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), defendeu que seria mais adequado um referendo. No encontro de mais de três horas, os partidos não chegaram a discutir as perguntas que serão feitas à população na consulta. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que o plebiscito irá “nortear” a reforma. A presidente mandará a mensagem ao Congresso na próxima semana.

12 Comentários

  1. VALDECIR MIESTER Responder

    DILMA novamente tentando lubridiar o Povo e mudar o foco das manifestações com essa ideia de Plebicito, Mais gastos para os cofres Publicos e isso e apenas uma consulta, que pode ser mudado e alterdo de acordo com a vontade das casas de Leis. ACORDA POVO ISSO E MANOBRA POLITICA INVENTADA POR ALGUM MARQUETEIRO PARA ACALMAR OS MANIFESTOS.

  2. UM DOS TEMAS DO PLEBISCITO DEVERIA SER A LIMITAÇÃO DA PROPRIEDADE TERRITORIAL (URBANA E RURAL). O Q SOBRA PARA A MINORIA, FLATA PARA A MAIORIA.

  3. É preciso ficar antenado, com as redes sociais ligadas. As primeiras propostas apresentadas, apenas, mas apesnamente, apresentam nova embalagem e mantem o velho conteúdo da estrutura política da República.

  4. Parreiras Rodrigues Responder

    Natural que os partidos aliados digam amém ao plebiscito. (plebis = povo + citare = citar). A presidentE, ainda repousa no berço esplêndido da aprovação popular. Realizado o plebiscito, todos cantarão vitória como se fosse conquista deles.

  5. A presidanta com esta reforma politica quer criar um novo tipo de democracia, é a dilmacracia, ou seja, a democracia da dilma, feita a sua cara.

  6. A governanta tá fazendo de conta que o pepino não é com ela; reune sua corja, depois vem com essas empulhações, bem à cara do petismo safado,
    O que ela quer? – Que os fazendeiros que produzem e salvam há anos, o PIB desse país, entreguem, suas propriedades pros vagabundos do MST, e pros indios preguiçosos?
    Essa também não cola tia dilma. Arruma outra, e urgente, pois tua batata e dos teus asseclas está assando!

  7. SOBERANIA POPULAR (Artigo 14-CF).
    É fundamental que neste momento de inflexão, o Congresso Nacional, neste Plebiscito, possa contemplar a discussão destes princípios democráticos: Voto Facultativo; Parlamentarismo; Mandato único (Executivos – 5 anos); Três mandatos para os Legislativos (sem reeleição para o mesmo cargo); Extinção de suplente de senador; Eleições ‘solteiras’ (Executivos e Legislativos com processos eleitorais em datas desvinculadas: na metade dos mandatos dos Executivos); Limite mínimo de 35 anos de idade para prefeito; Limite mínimo de 35 anos de idade para juiz; Extinção da vaga do 5º constitucional; Aprovação da PEC-300; Normatização de critérios para Edital de concurso público; Extinção de concessão para criação de Rádio e Televisão; Instituição de mecanismo político contemplando os princípios da Democracia Participativa… E que, neste eixo de transformações democráticas, haja plena abertura para a inclusão dos demais temas recorrentes e significativos para o bem-estar do povo brasileiro. Codialmente, de Londrina-PR, Roque Alves.

  8. DILMA QUER ENROLAR O POVO E GANHAR TEMPO PARA DESVIAR A ATENÇÃO SOBRE OS PROTESTOS. NINGUEM ESTÁ PEDINDO ISSO. A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS. ENTÃO ELA QUE ACABE COM A INFLAÇAO E BAIXE OS ALIMENTOS QUE DA MEDO DE IR AO SUPERMERCADO CUMPRA O QUE O POVO TA PEDINDO PARE DE BLINDAR OS MENSALEIROS E O LULALADRAO.E FAÇA A REFORMA SEM PLESBICITO.

  9. CHEQUE EM BRANCO
    Isto que o governo quer empurrar goela a baixo do povo, é um pedido de cheque em branco. Sim, pq o povo ao autorizar em plesbicito a reforma política, quem garante que os Deputados irão aprovar o que o povo quer? Com a maioria dos membros congresso comendo na mão do Executivo, que garantias o povo tem? Então primeiro aprovem o texto da reforma, prevendo necessidade de submissão ponto por ponto ao plebiscito para poder entrar em vigor. Aí o povo pode aprovar ou não aquilo que estará escrito, claramente.

  10. Será que a nossa Presidente pensa ou julga que os brasileiros são analfabetos ou semi-analfabetos, (como seu patrão Lula – pois pergunta tudo a ele – que nós, sabemos que ^ele” nunca soube nada) para engolirmos, primeiro uma Constituinte própria (que não cabe, pois a Constituição não permite, segundo um PLEBISCITO que nada mais é do que uma medida para procrastinar o que o Congresso Nacional tem o dever de fazer: A REFORMA POLÍTICA. Isso é atraso político e cultural, se o Plebiscito não tem força de Lei, pois quem vai aprovar o Projeto de Reforma Política, como disse, é o Congresso, que pode ou não acatar o que o povo exige. É mais uma manobra de “engodo e de adiamento, pois o o Governo Petista, nesses 10 (dez) anos de desgoverno prometeu que a mesma (reforma política) seria feita, haja vista estarem nas gavetas do Congresso Nacional diversos Projetos de Lei nesse sentido e até hoje não votados, mesmo tendo sempre a maioria de 2/3 da base ali(j)ada e até o presente momento não cumpriu. Chega de promessas vãs para desviar o foco das manifestações das ruas. O povo está saturado de toda essa politicalha. É hora de repensarmos para um Brasil forte e que o povo tenha sua dignidade elevada, cumprindo os seus mandantes com tudo aquilo que falta, que não são poucas.

  11. Se fosse sério, a presidAntA incompetentA começaria pelo voto facultativo. Mas, nem ela, nem sua base amestrada, ou a oposição sem rumo, sequer cogitam em acabar com o bolsa cabresto! Vamos pra rua, de novo!

Comente