Uncategorized

Governo do Paraná libera quase R$ 500 mil para vítimas de enchentes

Governo federal reconheceu situação de emergência em 59 cidades do PR. 1.965 pessoas continuam desalojadas ou desabrigadas no estado.

Do G1 PR:

A liberação de R$ 487 mil para a compra de cestas básicas para as vítimas de enchentes no Paraná foi assinada nesta quarta-feira (3) pelo governador Beto Richa (PSDB). O recurso vai atender as necessidades da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil para o atendimento às famílias.

O governo estadual informou que já atendeu 2.150 famílias em 24 municípios das regiões noroeste, sul e centro-oeste do estado. Mais caminhões com doações seguem para seis cidades e vão chegar a mais 780 famílias. Cestas básicas, cobertores, kits de cozinha, cama, mesa e banho, e colchões estão entre os itens enviados.

O boletim da Defesa Civil divulgado ao meio-dia desta quarta-feira apontou que 136.840 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas em 106 municípios do estado. A maioria deles foi atingida pelas cheias dos rios Ivaí, no noroeste, e Iguaçu, na região sul.

O governo federal reconheceu situação de emergência em 59 cidades paranaenses. Choveu forte em todo o estado entre os dias 19 de junho e 1º de julho. A previsão do Instituto Tecnológico Simepar é de que, pelo menos, até sábado (6) não chova.

Como parou de chover, a situação está estável, segundo o governo estadual, já que os rios estão voltando aos níveis normais. Em todo o Paraná, 1.208 pessoas estão desalojadas – em casa de parentes ou amigo – e cerca de 757 estão desabrigadas – em espaços públicos ou comunitários. Até domingo (30), eram 1.600 pessoas desalojadas e 1.100 desabrigadas.

A chuva provocou um deslizamento de terra e duas pessoas morreram soterradas em Larajeiras do Sul, na região central, no dia 20 de junho. Antonina, Almirante Tamandaré, Bituruna, Campo Largo, Colombo, Curitiba, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, General Carneiro, Imbituva, Guarapuava, Irati, Laranjeiras do Sul, Mallet, Paranaguá, Piraquara, Ponta Grossa, Prudentópolis, Rebouças, Rio Bonito do Iguaçu, Rio Negro, Santa Lúcia, São Tomé, São João, São Miguel do Iguaçu, Santa Tereza do Oeste, Saudade do Iguaçu, Teixeira Soares, União da Vitória e Xambrê estão entre os municípios afetados pela chuva.

8 Comentários

  1. Isso dá……232 reais por familia atendida……….ainda se esse valor chegar aos necessitados…. Que vergonha …Beto Richa

  2. Divida o valor por pessoa e verá que não é lá essas coisas. Obviamente que toda ajuda é bem vinda, mas se gastassem melhor daria para ajudar muito mais. Se joga muito dinheiro fora e sobra pouco para ajuda em momentos como este.

  3. CLOVIS PENA - E o litoral ? Responder

    Uma espera que já vai longe: dois anos sem casas, sem estradas em condições, sem pontes … Parece que alguém jogou a toalha.

  4. Parreiras Rodrigues Responder

    As enchentes todas, os vendavais que entortam torres de transmissão de energia, arregaçam coberturas de postos de gasolina, arrancam telhados inteiros, se originam de atentados que cometemos contra a Natureza. Os homens despelam os campos, raspam os cílios das margens dos rios e riachos e entopem-nos com coisinhas pequenas como uma bituca de cigarro até guarda-roupas e cascos de geladeiras.
    Nossos rios não tem mais as ditas caixas.
    O Paranazão tinha o Canalão. Uma dezena de chatas puxadas por um batelão, carregadas de milhares de toras, de sacas de café, de centenas de bois, desciam retas pelo Canalão, embarcadas em Porto Epitácio/SP até Guaira/PR. Ponto final por causa das 7 Quedas. Hoje, no meio do Paranaz~ao, em Porto Rico, banco de areia vis’iveis a dois metros de profundidade.
    Choveu, d’a nisso.
    Falar em quebra-vento e em mata ciliar, ‘e pedir pr’a apanhar.

  5. Parreiras Rodrigues Responder

    Somente os afluentes da margem direita do Ivai, carreiam, anualmente, 14 milhoes de toneladas de terra para o seu leito, que por sua vez, deslizam para o Rio Paran’a. O lago de Itaipu est’a sendo assoreado. Inda bem que nao estarei aqui pr’a ver. Nem eu, Nem Nelton Friedrich, nem Sameck, nem C’icero Bley Jr. Tadim dos nossos netos. Dos seus tamb’em, F’abio..Tereza Urban se livrou de ver. Os netos dela e do irmao Joao, vizinho aqui na Vista Alegre, tirarao baitas retratos.

  6. Nossa como tem gente maldosa no mundo. Belarmino, você pelo jeito é daqueles que faz a coleta na igreja, observa que o outro colocou para criticar, mas do seu bolso nao põe nada !!

Comente