Uncategorized

Bolívia revistou avião
de Amorim em busca de opositor

De Fabio Murakawa, Valor:

Meses antes de expressar repúdio pela retenção e revista do avião de seu presidente na Europa, sob suspeita de que levava o ex-agente da CIA Edward Snowden, o governo boliviano reteve e revistou a aeronave que levaria o ministro da Defesa, Celso Amorim, de volta ao Brasil após uma visita à cidade de Santa Cruz de la Sierra, no ano passado. A busca, feita inclusive com cães farejadores, aconteceu em meio a suspeitas de que Amorim levava a bordo o senador de oposição Roger Pinto, que está refugiado há mais de um ano na Embaixada do Brasil em La Paz.

A informação, divulgada no último fim de semana pelo site “Diário do Poder”, do jornalista Claudio Humberto, foi confirmada ao Valor por fontes do governo brasileiro. O incidente ocorreu em 3 de outubro do ano passado, segundo as fontes, quando Amorim visitou a Bolívia para a doação de dois helicópteros da Força Aérea Brasileira (FAB) ao país, para serem usados no combate ao narcotráfico.

Segundo as fontes do governo brasileiro, o Itamaraty emitiu uma nota de protesto pela vistoria do avião de Amorim. Uma das fontes afirma que, em resposta, os bolivianos “responderam com um pedido de desculpas”. Outra fonte afirma que Amorim permitiu a revista do avião, que pertence à FAB. O incidente vinha sendo mantido em segredo pelos dois países.

Questionado pelo Valor, o Ministério da Defesa disse que não comentaria o assunto. Já o Ministério das Relações Exteriores disse que “a assessoria de imprensa não tem conhecimento dessa informação” [a vistoria do avião de Amorim e a nota de protesto].

Já o Ministério das Relações Exteriores da Bolívia “não confirma nem nega” o incidente.

A informação vem à tona poucos dias depois da indignação expressada por quase todos os países sul-americanos com a retenção do avião do presidente da Bolívia, Evo Morales, na Europa, no dia 3 de julho. Na ocasião, Itália, França, Espanha e Portugal fecharam seu espaço aéreo para o avião presidencial. Isso obrigou a aeronave a pousar na Áustria, onde ela foi revistada. O episódio ocorreu por conta da caçada promovida pelo governo americano a Snowden, que revelou no mês passado que o Wa-shington monitora dados de internet e telefonemas para “combater o terrorismo”. Os países europeus negaram que o incidente tivesse relação com Snowden.

O caso gerou uma reunião de emergência da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) e foi destaque da agenda da cúpula do Mercosul, na semana passada. Reunidos em Montevidéu, os presidentes de Brasil, Argentina, Uruguai e Venezuela decidiram convocar seus embaixadores nos quatro países europeus para consultas – uma medida diplomática que sinaliza um forte mal-estar entre os países, sem implicar rompimento das relações bilaterais.

O senador Roger Pinto chegou à embaixada brasileira em La Paz em 28 de maio do ano passado. Alvo de mais de 20 processos judiciais, ele diz sofrer perseguição política após ter denunciado o envolvimento de altas autoridades do governo boliviano com o narcotráfico. Pinto pediu e recebeu asilo político da presidente Dilma Rousseff, mas permanece na embaixada, pois Morales se recusa a conceder-lhe um salvo-conduto para que ele deixe o local sem ser preso.

Brasil e Bolívia formaram uma comissão bilateral em março para tentar uma solução, mas a embaixada está alijada do caso. Para Morales, o embaixador brasileiro em La Paz, Marcel Biato, passou “informações incorretas” a Dilma a respeito do senador. A ministra da Comunicação boliviana, Amanda Dávila, chegou a chamar Biato de “porta-voz da oposição”.

O mal-estar levou à troca do embaixador, a pedido de La Paz, apurou o Valor. Biato deve ir para a Suécia. Ele já recebeu o “agrément” de Estocolmo, mas seu nome ainda tem que ser aprovado pelo Senado brasileiro.

10 Comentários

  1. Anonymous Denuncia Foro de SP Reply

    Você já se perguntou porque os combustíveis nacionais são vendidos para os países latinos por 1/4 do preço que os brasileiros pagam nos postos de gasolina?
    Já se perguntou porque não há investimento NENHUM na seca do Nordeste enquanto doações bilionárias são feitas para Cuba?

    Porque NÃO HÁ INTERESSE POLÍTICO em fazer o Brasil progredir!

    http://www.youtube.com/watch?v=Z4vg6fX7AV0

  2. Vejam a safadeza do bugre Evo Morales, a poucos dias reclamou que seu avião foi proibido de sobrevoar vários países da Europa e depois foi revistado pelas autoridades da Áustria. Mas o índio fez o mesmo com um avião do Brasil, ou seja, pimenta nos outros é refresco.

  3. augusto seabra Reply

    QUE COISA!!! E O governinho dilma não fez nada, nem mencionou o
    assunto!!!FORA, LIXO – QUADRILHA DE CORRUPTOS, LADRÕES E
    SEM CARÁTER, QUE SAQUEIA O BRASIL!!!

  4. A Humanidade (bem entendido, apenas pequana parte) já chegou a Marte e monitora daqui o planeta, a Voyager 2 ultrapassou os limites da nossa galáxia e fotografou a minúscula Terra, e no entanto, é preciso cães farejadores para verificar se uma pessoa está ou não dentro de um avião …

    Melhor – ou talvez ainda estamos – voltar à Idade da Pedra …

  5. Submisso totalmente ao índio de araque e aos outros “bolivarianos”, o que se pode esperar de um governo emasculado como o de Dilma Roussef et caterva? Como se diz, governo “machão” (de boca) contra os EUA , Europa e até o Paraguai, e tchutchuca com Bolívia, Argentina e Venezuela, que fazem o que bem entendem, às custas de nosso Tesouro e de nosso povo (vide refinaria da Petrobrás e otras cositas.

  6. Os bolivianos querem uma coisa para eles e querem outra para os outros. O avião da FAB não é considerado território nacional mesmo no Exterior? Então os bolivianos desrespeitaram o território nacional, a não ser que o ministro tenha de antemão permitindo a quebra da soberania. Mas isto tudo é fruto desta politica de não reagir a desaforos e bravatas dos bolivianos e demais vizinhos. E a companheira presidanta ainda quer enfiar esta gente no Mercosul. Agora se começa a entender porque os paraguaios não estão loucos para voltar para o rebanho.

  7. Só pra cara dessa Dilma, e desse Celso Amorim; bem feito. – Mesmo depois do índio ladrão e cocaleiro nos usurpar uma refinaria inteira sob a barba do famigerado lula, mesmo assim tiveram a cara de pau de entregar-lhe dois helicópteros. E por aqui, o povo morre nos corredores dos hospitais…
    Aí, o ladrão foi lá, meteu a mão nas aeronaves; revistou o avião oficial do ministério da defesa até com cães farejadores, e ainda foi aplaudido pela alcateia da tal unasul…
    Pra completar, a matilha vermelha sudamericana, se acha no direito de protestar contra singelos atos de defesa nacional, praticados por países europeus sérios, comandados por gente séria, que apenas fizeram aquilo que qualquer um faria, ao se deparar com risco eminente de invasão, por parte de um índio ladrão, cocaleiro, bandido e vermelho.
    Essa Dilma e seu bando é a nossa vergonha nacional!

  8. E tem gente que acha este lixo do Morales gente boa. Tem que invadir esta Bolívia e mandar o rei da coca para visitar o dévil.

Comente