Uncategorized

Vinte municípios concentram metade dos repasses do ICMS no PR

Do Bem Paraná:

Os 399 municípios paranaenses devem receber, ao longo de 2013, R$ 4,58 bilhões em receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Metade dos recursos – R$ 2,296 bilhões – será repartida entre 20 municípios, e quase um terço (31,64%), divididos entre seis municípios da Região Metropolitana de Curitiba. Os dados são do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), que homologou, no último dia 4, o cálculo das cotas do ICMS feito pela Secretaria Estadual da Fazenda.

2 Comentários

  1. ESTÁ TOTALMENTE DESIGUAL ESA DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO.
    TEM Q SER REVISTO COM MÁXIMA URGÊNCIA!!!

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    A GELADEIRA DE MIRADOR – Mirador é uma das menores cidades de todo o Estado do Paraná. Sua economia vive toda ela na dependência da agropecuária. O comércio resume-se em alguns poucos bares e lanchonetes, meia dúzia de prestadores de serviços, um ou outro armazém. Não disponibiliza de nenhuma loja tipo Bahia, Luiza. Assim, o sêo Geraldo, sitiante dono duns dez alqueires onde planta mandioca, ou milho, cria algumas vacas de leite para vender de porta em porta, quando precisa comprar uma geladeira, um televisor, uma máquina de lavar roupa, tem que obrigatoriamente apelar prás praças de Paranavai, Maringá. Dai, que o imposto do ICMS, do IPI, e os demais – sabe-se lá quantas siglas incidentes, beneficia, claro, a cidade sede da loja. Sêo Geraldo tem filhos nas escolas públicas de Mirador, usa a estrada rural entre o seu sítio e a cidade, a família toda se vale do “postinho” de saúde. Tem alguma coisa errada a mais na política tributária desse país, além da elevada carga de impostos, da consequente sonegação, do jeito dos governos de gastarem mal a suada participação dos geraldos na construção do bolo.

Comente