Uncategorized

Acusado de pedofilia que usava adolescente para atrair vítimas é preso

Da Banda B:

Um programador de sistemas de 35 anos foi preso nesta quarta-feira (31) no bairro Santa Quitéria, em Curitiba, acusado por pedofilia. De acordo com a polícia, entre as vítimas estavam crianças moradoras de rua, que ele fingia acolher para cometer os abusos. Márcio Gabb já havia sido preso anteriormente pelo mesmo crime em Brasília.

De acordo com o delegado Vinicius Augusto de Carvalho, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), a Polícia Civil chegou até ele através de uma investigação do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), que apontava que vários desaparecimentos poderiam estar ligados ao crime.

“Ele levava as crianças para o seu apartamento através de um adolescente de 14 anos. Em alguns casos ele oferecia abrigo para moradores de rua, oferecia comida, tudo com a intenção de abusar dos menores”, afirmou.

Foto: Antônio Nascimento – Banda B
Foto: Antônio Nascimento – Banda B
Ainda de acordo com o delegado, um vasto material pornográfico foi encontrado no apartamento. “Equipamentos de prática de sexo, fotos e vídeos. Coisas nas quais acreditamos que só uma pessoa doente pode ter”, disse.

Quem souber de outros casos de pedofilia causados por Gabb, pode entrar em contato com o Nucria através do telefone: 3270-3370.

4 Comentários

  1. -Cometer os mesmos abusos com este facínora na mesma proporção e após castrar e fazê-lo introduzir o membro decepado em seu orifício retal e depois queimá-lo com napalm….

  2. Solução simples demais... Responder

    Informem a todos os presos o que o pedófilo fazia com as crianças de rua, e deixem o “cidadão” no meio da população carcerária… Vai receber certamente o “tratamento adequado” para tal situação, onde quem sabe a pedofilia desapareça diante de tantos “pretendentes” que ele vai ter naquela calorosa hospedagem…

Comente