Uncategorized

Fomento Paraná é credenciada pela Caixa para operar com recursos do FGTS

A Fomento é a primeira operadora a assinar um Contrato de Concessão de Crédito com a instituição para operar financiamentos do fundo em mais de uma década

A Fomento Paraná, instituição financeira de desenvolvimento do Governo do Estado, foi credenciada tecnicamente pela Caixa Econômica Federal (CEF) para atuar como agente financeiro na estruturação de operações de financiamento de obras nas áreas de infraestrutura e transportes com recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). A perspectiva da Fomento é captar R$ 120 milhões em recursos do fundo para aplicar em projetos de infraestrutura e transportes no Paraná em 2013.

O credenciamento técnico foi entregue oficialmente pelo coordenador de sustentação ao negócio regional do FGTS da CEF em Curitiba, Mizael Flávio Araújo, ao presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa, nesta quinta-feira (1/08).

Nas próximas semanas o governador Beto Richa deverá assinar o Contrato de Concessão de Crédito entre as duas instituições, tornando a Fomento Paraná a primeira nova operadora de recursos do FGTS no estado em mais de dez anos.

“O FGTS é uma importante fonte de recursos para o financiamento de grandes obras e o Paraná está ávido para captar recursos que possam ser investidos em bens públicos para a melhoria da vida dos paranaenses”, afirma o presidente da Fomento Paraná. “Cada empreendimento novo representa mais progresso e desenvolvimento, porque além da qualidade de vida, proporciona novos empregos, renda para os trabalhadores e movimentação da economia onde essas pessoas vivem”, afirma Juraci Barbosa.

Ainda segundo o presidente da Fomento Paraná, a relação com a Caixa Econômica é muito produtiva e a nova experiência nas operações com o FGTS vai proporcionar um grande aprendizado para a instituição. “Queremos aprender para atender bem ao nosso parceiro e quanto mais aprendermos, mais rápido vamos atingir nosso objetivo de levar desenvolvimento aos municípios”, afirma Juraci Barbosa.

PAVIMENTAÇÃO — O projeto piloto da primeira operação de financiamento nesta linha do FGTS já está em andamento e vai atender ao município de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba. O município vai investir na pavimentação asfáltica da Estrada do Palmitalzinho.

A execução das operações de financiamento aos municípios com recursos do FGTS também contará com o suporte técnico-operacional da SEDU e do Paranacidade nos aspectos de engenharia, arquitetura e, quando necessário, trabalho social, nos programas e projetos, em moldes semelhantes às operações do Sistema de Financiamento aos Municípios e do Programa de Apoio à Aquisição de Máquinas e Equipamentos Rodoviários para Prefeituras (Promap).

1 Comentário

  1. Meus parabéns ao presidente da Fomento e toda equipe com todo o trabalho de vocês estava claro que seriam muito bem reconhecidos. Agora metas para cumprir.

Comente