Uncategorized

Álvaro Borba deixa a CBN

Mais uma baixa na rádio CBN de Curitiba. O jornalista Álvaro Borba divulgou há pouco, em seu Facebook, uma nota relatando que renunciou hoje às funções na rádio de notícias, onde estava perto de completar uma década de trabalho. Esta é a segunda baixa na emissora em menos de uma semana. Na quinta-feira passada, o também jornalista José Wille deixou a rádio onde comandava o noticiário matinal. Não deve acabar por aí. Mais baixas estão previstas.

Confira abaixo o post de Álvaro Borba:

14 Comentários

  1. Fuga de cérebros.
    Se o Mazza sair, vai sobrar só o comentarista criador da cizânia – E, diga-se, nenhum ouvinte.

  2. Proteu Dela Rue Responder

    Lamentável dois baita jornalistas, ouço a CBN o dia todo, logo se o Mazza sair, adeus tia noca, nem desconfio dos motivos, seja como for, forças políticas estão por trás dessa barbaridade.

  3. Valter Barelli Responder

    Já não ouvia a CBN mais desde a saída do Heródoto, agora então que tiro de vez do dial esta emissora. Podem fechar, a Band mata a pau.

  4. Luiz Renato Ribas Responder

    Wille, depois o Borba e também a anunciada saida do Tozzi. Um tripé de ouro. O motivo foi de insatisfação claro do grupo. Biografia é o maior patrimônio deles. Eu acrescentaria ainda mais: dignidade. Tantos nomes de relevância no rádio paranaense, incluindo o Mazza e o Ayrton, ambos na CBN. Enfim, só lamentar e aguardar a “justa causa” a aflorar.

  5. Luiz Renato Ribas Responder

    Wille um vencedor; Borba e Tozzi, idem. Biografias incontestáveis incorporadas ao maior patrimônio do ser humano:a dignidade. Mazza, Ayrton Cordeiro e tantos outros restam na equipe da mais ouvida emissora de Curitiba. Restam, até que a “justa causa” aflore à luz do dia, onde o segmento não vai perdoar a informação cristalina da noticia. Só não vai dar, obviamente, no Reporter CBN.

  6. ja que esta desse jeito,seria bom voltar a estacao primeira,frequencia rock que passou por esta frequencia…

  7. Rádio de notícias em Curitiba deve ser um negócio muito ruim. Gente boa não para. Lembro-me da defenestração do Gladimir Nascimento da Bandnews, agora o Wille e o Alvaro da CBN. O difícil é voltar a ouvir música.

  8. Parabéns ao Álvaro pelo excelente trabalho desempenhado junto a CBN. Pode ter certeza que profissional do gabarito dele não fica desempregado.

Comente