Uncategorized

BNDES vai financiar fábrica de medicamentos em Maringá

O presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Luciano Coutinho, recebeu nesta quinta-feira (15) o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, o diretor de produção do Tecpar Júlio Salomão e o CEO da Biocad Brazil David Zylbergeld Neto.

No encontro foram discutidos detalhes dos financiamentos do BNDES para a parceria entre o Tecpar e a empresa russa Biocad. Os laboratórios se uniram para produzir o medicamento Bevacizumabe, de combate ao câncer e perda de visão relativa à idade, no tecnoparque de Maringá.

O BNDES vai financiar a construção da unidade do Tecpar, orçada em cerca de R$ 50 milhões, e também os estudos e ensaios clínicos da Biocad que estão estimados em R$ 45 milhões.

5 Comentários

  1. ISSO NÃO PODE SER VERDADE, POIS O TRAIANO ESTÁ SEMPRE FALANDO QUE O GOVERNO FEDERAL NÃO AJUDA EM NADA O NOSSO QUERIDO ESTADO DO PARANÁ….

  2. Vigilante do Portão Responder

    Pois é Anónimo, basta dar uma olhadinha na Gazetona de hoje.

    A Copel está tentando um empréstimo junto ao BNDES.

    A grana é para complementar a aquisição da Usina de Colider.
    São 2 anos de tratativas.

    Uma empresa sólida, com bom patrimônio e capacidade de pagamento.

    Enquanto isso, o governo do PT, para agradar aos “companheiros, libera R$1BILHÃO para Cuba.

    Trata-se de financiamento, com o qual os Irmãos Castro estão reformando e ampliando o Porto de Havana.

    Emprestamos, mesmo sabendo que a Ilha está FALIDA.

Comente