Uncategorized

Ministro da Previdência exonera assessor acusado de integrar quadrilha

‘Eu mesmo, o ministro, fui surpreendido’, disse Garibaldi Allves

Do Estadão SP -O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves (PMDB-RN), anunciou neste sábado que vai exonerar da função de confiança o assessor Gustavo Alberto Soares Filho. A decisão foi tomada após ele ser informado pela reportagem do Estado do suposto envolvimento do servidor com esquema criminoso para direcionar investimentos de fundos de pensão municipais, investigado pela Polícia Federal.

Gustavo é auditor da Receita Federal e trabalha como assessor do diretor de Regimes Próprios de Previdência do ministério, Otoni Gonçalves Guimarães. Segundo o diretor, ele ocupava cargo de coordenador da área de legislação da diretoria. Como é servidor de carreira, apesar de exonerado da função, não pode ser demitido sem antes ser aberto um processo administrativo.

5 Comentários

  1. NA CORDA BAMBA Responder

    Nomeia e renomeia… continua a mesma mer_a mesmo. Políticos
    e assessores são na verdade uma teia de aranha que dilapidam
    o nosso patrimonio. Como a grande maioria do povão não sabem
    votar vamos continuar neste inferno para sempre…

  2. Vigilante do Portão Responder

    Vamos esperar a publicação.

    Será que vai ser exonerado ou VAI PEDIR EXONERAÇÃO?

  3. Mais um petista pego com a mão na botija, agora virou festa, todo dia
    aparece na mídia mais membros da quadrilha ptralha. A indiferença ao sofrimento do povo fica gritante, quando roubam e deixam roubar, esta na hora de derrubar as muralhas da imposição para que o desequilíbrio de poucos não venha causar sofrimentos de muitos.

Comente