Uncategorized

TCE vai apurar irregularidades em Manfrinópolis

Do TCE-PR:

O Município de Manfrinópolis (Sudoeste) será objeto de Tomada de Contas Extraordinária, procedimento a ser instaurado pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). O objetivo é apurar prejuízos e definir os responsáveis por 13 irregularidades na gestão da Prefeitura. As falhas foram apontadas em Relatório de Inspeção, aprovado pela Segunda Câmara no último dia 11.

Ao ex-prefeito, Silomar Elias de Oliveira, foram aplicadas multas no valor total de R$ 8.293,66. As irregularidades, apresentadas pelo relator do processo, conselheiro Nestor Baptista, vão desde a contratação de serviços sem licitação a irregularidades nos pregões. O Relatório também menciona a realização de despesas sem empenho, sem liquidação e sem ordem de pagamento, além de irregularidades em informações declaradas ao TCE e falta de controle interno.

A Oliveira cabe recurso, no prazo de 15 dias a contar da publicação do acórdão no Diário Eletrônico do TCE, veiculado de segunda a sexta-feira na página do Tribunal na internet.

2 Comentários

  1. Pedro Marquetti Responder

    Incrível a voracidade com que nossos tribunais se jogam sobre bibocas como Manfrinópolis, que juro pelos meus filhos, nunca ouvi falar.
    Agora, quando a URBS faz desaparecer num passe de mágica, R$ 4milhões de reais dos seus cofres; quando esconde trapaças dos lordes do transporte público; quando o presidente do tribunal faz ouvidos de mercador sobre supostas irregularidades, não existe TCE.

  2. osvaldo binger Responder

    Conheço essa cidade….coitado desse povo…na maioria pessoas humildes, sem educação, que trocam seus votos por pão e circo, pode ter certeza que o secretário de administração (eterno secretário) já deve ter passado a mão em mais de um milhão…é nosso Brasil!!!

Comente