Uncategorized

Campagnolo desiste
de Gleisi

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, bem que tentou, mas sua filiação foi rejeitada por por três partidos – PDT, PV e PSD – para viabilizar em tempo sua vice-candidatura na chapa de Gleisi Hoffmann (PT). No PSD, Campagnolo bateu de frente com a mesma pretensão do deputado Eduardo Sciarra, que tem a mesma postulação.
Em nota, Campagnolo diz que sofre “as aflições de tanta injustiça, mas creio não ser minha hora”.

11 Comentários

  1. O costureiro está com fama de chato de galochas, aquele que desmancha rodas de conversa. Seu ego gigantesco já não cabe dentro dos elevadores da Fiep. Quando ele entra no elevador, os outros saem porque ele com seu ego, não deixa espaço para ninguém. Só falta ele mandar anunciar o próprio nos alto-falantes dos aeroportos, como fazia um certo ex-presidente da Fiep.

  2. LUIZ SARAGIOTTO Responder

    Não gosta de jogar em time que vai perder!
    A Dilminha não consegue nem vice!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  3. Pedro Marquetti Responder

    Pro cara ser rejeitado por esses partidecos, pra ser vice de Gleisi, alguma coisa tá errada.
    Nele, ou no bando que o rejeitou!

  4. Ao não conseguir ser candidato a vice-governador na chapa liderada por Gleisi, Campagnolo deveria agradecer a Deus. Primeiro, porque Gleisi não se eleger; segundo, porque ele sofreria tremendo desgaste com os industriais/empresários que não mais suportam a política do PT.

  5. Depois de falar um monte de besteiras, como defender o fim das apaes pelo PT, agora viu que o buraco é mais embaixo!
    amador… só se queimou.

  6. antonio carlos Responder

    Mentiroso, ela é que desistiu do mala sem alça. O cara quer fazer da ministra de escada. Já não basta a presidência do clube dos milionários que ganhou de presente da ministra? Gente ingrata não tem cura mesmo, está sempre querendo mais.

Comente