Uncategorized

Falta gás de cozinha no país após manutenção em refinaria em Araucária

Da Folha de S.Paulo:

Moradores do Estado de São Paulo estão com dificuldade para comprar GLP (gás de cozinha) nesta semana. Segundo sete revendedores ouvidos pela reportagem, os distribuidores do produto estão entregando bem menos do que o esperado desde segunda-feira.

Na zona oeste da capital, por exemplo, o funcionário de uma revendedora afirmou que recebeu apenas metade da quantidade necessária para atender seus clientes. O abastecimento é diário, mas hoje nem houve entrega. “Atendemos de 700 a 800 clientes por dia. Com o estoque que temos, não vamos conseguir atender um terço disso hoje”, relatou o funcionário.

Na zona norte da cidade, o funcionário de uma revenda relata que recebeu 70% do volume solicitado. “Estou vendendo 30% menos por dia devido ao problema no abastecimento”, afirmou. Ambos são abastecidos pela Liquigás, distribuidora da Petrobras.

De acordo com o Sindigás (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo), a falta de GLP atinge o Paraná e outros Estados do Sudeste e também a região Sul. Para contornar a situação, segundo a entidade, as distribuidoras de GLP estão trazendo o produto de várias partes do país.

O Sindigás representa seis distribuidores de GLP, que detêm cerca de 90% do mercado no país. “O sindicato espera que, no prazo máximo de dois dias, essas dificuldades já estejam solucionadas graças ao esforço coletivo das distribuidoras”, afirmou em nota.

REFINARIA

O problema se deve a uma parada programada para manutenção da Refinaria de Araucária, no Paraná, na qual houve uma redução na oferta de GLP.

A ANP (Agência Nacional do Petróleo) admite que houve uma baixa nos estoques, por isso as distribuidoras restringiram os pedidos das revendas até a regularização da oferta. “A ANP está monitorando a situação, que deverá ser regularizada até semana que vem”, informou o órgão em nota.

O GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) é um subproduto do petróleo, fabricado nas refinarias, ao contrário do gás natural, que pode ser encontrado junto ou separado do petróleo nos reservatórios em terra ou no mar.

Segundo a Petrobras, já foi apresentado à ANP um plano para disponibilizar uma quantidade adicional de GLP em São Paulo para contemplar e garantir o suprimento do mercado na área de Paulínia e Indaiatuba.

“A companhia também esclarece que dois navios estão descarregando GLP ainda nesta semana de forma a garantir o ressuprimento regular às distribuidoras que operam localmente, conforme procedimento usual da Petrobras.” De acordo com a ANP, “falhas no suprimento do GLP pela Petrobras de fato têm ocasionado problemas no fornecimento em algumas regiões do Brasil”.

5 Comentários

  1. Depois é implicançia da nossa parte… mas ond e o Pt põe a mão… a coisa fede e como fede.

  2. Só faltava essa, boicotarem o estado de São Paulo por causa de mesquinharias. Quem gerencia o gaz é o governo do PT, é muito estranho.

  3. Sergio Silvestre Responder

    Me parece que todo esse gaz as narinas libanesas do nosso governador acabou respirando tudo.
    O homem descansou tres anos,e juntou energias para correr os cem metros em menos de 10 sg,agora na reta final.

  4. PEDROCA DO SUDOESTE Responder

    De repente, a a nova PETROBRÁS como pregam os neoptralhas, chegando ao ponto de faltar gás de cozinha.Ah, se fosse o inverso,se fossem oposição.Falar nisso, falaram que apagões nunca mais.Daqui uns dias um cachorro vai mijar no poste e vai faltar luz,a culpa vai ser do cão,semelhante a esses dias,falaram que foram as queimadas,sempre ocorrem queimadas.O que falta é manutenção de linhas.

Comente