Uncategorized

Frente de Luta pelo Transporte ocupa a Câmara de Curitiba

Neste momento, manifestantes do movimento Frente de Luta pelo Transporte ocuparam a Câmara de Vereadores de Curitiba, exigem a presença do prefeito Gustavo Fruet (PDT) e a redução da tarifa do transporte coletivo, de R$ 2,70 para R$ 2,25. A decisão ocorre após a sessão da CPI do Transporte Coletivo, que recebeu os manifestantes para uma sessão pública.

De acordo com uma das integrantes do movimento, Letícia Camargo, a decisão ocorreu após um impasse em duas situações e, a principio, eles devem permanecer acampados por 24 horas. “A primeira é um projeto que está tramitando na Câmara de Vereadores sobre a anulação dos contratos proposto pela frente e a estatização da Urbs. A segunda é a falta de um posicionamento claro do prefeito Gustavo Fruet em relação a este assunto”, disse.

3 Comentários

  1. Vinte e poucos sujeitos equivocados.
    Querem anular contratos e desapropriar os ônibus. Piada.
    Sabem tanto de Direito quanto de trabalho: nada.

  2. Pedro Marquetti Responder

    Tem que prender toda essa raça de vagabundos.
    E na hora, aproveita o rapa, e leva a maioria dos tais “edis”; pois a roubalheira dos tempos do Derosso e sua musa gaturamo, continua sob os tapetes im,undos daquela “casa de leis”; com perdão da palavra.
    Eles pensam que a gente esqueceu…

Comente