Uncategorized

Sessão da Câmara de Curitiba é cancelada por ocupação do plenário

Do G1 PR:

A sessão desta quarta-feira da Câmara Municipal de Curitiba foi cancelada devido à ocupação do Plenário da Casa por manifestantes. Desde a tarde de terça-feira (15), mais de 30 pessoas do Movimento da Frente de Luta pelo Transporte Coletivo ocupam o espaço, com objetivo de que o prefeito, Gustavo Fruet (PDT) atenda reivindicações do grupo. A expectativa é de que eles fiquem até as 17h no local.

Para a sessão desta quarta-feira, estavam previstas análises de quatro projetos, sendo uma declaração de utilidade pública, uma concessão de título de cidadão honorário, um projeto para obrigar mercados a disponibilizar funcionários para auxiliar o atendimento de deficientes visuais, e uma sessão para recebimento de emendas para o projeto que autoriza a Prefeitura de Curitiba a receber crédito suplementar. A pauta deve ser transferida para a próxima sessão ordinária, na segunda-feira (21).

Os manifestantes reivindicam a redução da tarifa para R$ 2,25, e R$ 1,00 aos domingos, o cancelamento da licitação do transporte e a municipalização da administração do transporte, atualmente feita pela Urbanização de Curitiba (Urbs), uma empresa de economia mista. Eles também querem um projeto de lei para aplicação do passe livre para estudantes e desempregados e o fim dos contratos com empresas atuantes na capital e administração pública sobre o transporte coletivo.

A assessoria de imprensa da Urbanização de Curitiba (Urbs) informou que integrantes de movimentos populares já foram recebidos pelo prefeito Gustavo Fruet e que fazem parte da comissão de análise de tarifa. Ainda segundo a Urbs, a empresa aguarda a manifestação da Justiça sobre o relatório de comissão de auditoria. O presidente da Urbs, Roberto Gregório da Silva Júnior, entregou no dia 5 de setembro à Câmara Municipal de Curitiba, para os membros da CPI do Transporte Coletivo, e ao Ministério Público do Paraná (MP-PR), o primeiro relatório da comissão de auditoria do transporte coletivo.

A prefeitura reafirmou que integrantes de movimentos populares já foram recebidos por Gustavo Fruet e que eles têm sido atendidos pela administração municipal.

3 Comentários

  1. Esta faltando Homem nessa Câmara, Homem com H maiúsculo , não macho porque qualquer rinha tem galo de briga , qualquer cachorro macho corre atras de cadela no cio , digo Homem de moral , ética , pulso firme, caráter , que sabe distinguir revindicação de baderna, a Câmara e a casa do povo sim e por isso mesmo tem de ser tratada com respeito, tanto por o cidadão como por os vereadores , a presidência da casa tem de impor respeito, ou esta sendo conivente e jogando contra o prefeito ?

Comente