Uncategorized

Fernanda anuncia R$ 127 milhões para ações assistenciais no Paraná

Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento Social) afirmou que vai ampliar os recursos para as ações assistenciais nos municípios paranaenses. De R$ 8 milhões em 2005, os recursos passaram para R$ 25 milhões em 2012 e podem chegar R$ 127 milhões em 2014, através do Fundo Estadual de Assistência Social. “Com regulamentação dos repasses fundo a fundo esses recursos vão chegar com mais agilidade aos municípios e permitir que a política de assistência social seja mais efetiva”, disse Fernanda na abertura da 10.ª Conferência Estadual da Assistência Social do Paraná nesta quarta-feira , 16, em Curitiba.

Entre os pontos destacados como os principais avanços da política de assistência social nos eventos, está a criação do Piso Paranaense de Assistência Social que permitirá que os municípios tenham mais autonomia e eficiência nas suas ações. O benefício está sendo concedido para 86 municípios este ano e início de 2014 já atingirá 172 municípios do Estado.

A ampliação da rede de unidades que oferecem atendimentos para famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade social aumentou significativamente desde 2010. Para o atendimento integral e especializado de famílias e pessoas foi viabilizado a construção de 81 novos Centros de Referência de Assistência Social e mais 12 Centros de Referência Especializados em Assistência Social. Já os 29 Centros da Juventude – 20 destes já entregues a população – e os nove Territórios da Juventude são voltados para o desenvolvimento integral de adolescentes e jovens, além de fortalecer a convivência familiar e comunitária.

2 Comentários

  1. Marco Rodrigues Responder

    Isso é campanha politica, porque não ampliou antes os recursos só porque estamos próximo as eleições.

  2. Prezado Marcos Rodrigues, a política de assistência social no Paraná, bem como o Fundo Estadual de Assistência Social estavam estagnados, devido a ingerência de gestores anteriores. E mesmo com todas as dificuldades já conseguimos apontar resultados significativo em quase três anos. Coisa que não aconteceu em oito…..Abs.

Comente