Uncategorized

PT vai testar força
de Lula como candidato
e cabo eleitoral

Do Estado de SP

A cúpula do PT encomendou um lote de pesquisas nas quais testa o potencial de transferência de votos do ex-presidente Lula nos palanques em favor de candidatos petistas e também de partidos aliados aos governos estaduais. A estratégia consiste em pôr Lula para atuar como “facilitador” dos acordos onde o PT tiver de abrir mão da candidatura própria para outras legendas, como o PMDB e o PTB, em nome da reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Candidatos do PT aos governos também chegaram a fazer, por conta própria, simulações em que Lula aparece como presidenciável em 2014, embora Dilma esteja em campanha. O fato provocou mal-estar no Planalto. Em Minas, diz o presidente do PT, Reginaldo Lopes, levantamento feito em setembro aponta Lula com 55% e Dilma com 39%.

5 Comentários

  1. antonio carlos Responder

    Já que o pestismo está sofrendo uma crise de identidade, e se acha o rei da cocada, porque não tentar uma chapa pura, a companheira presidanta e o Vendedor de Ilusões como vice? Se ela acha que ganha sozinha no primeiro turno, com o 51 como vice nem é preciso gastar com eleição.

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    É, 40 por cento não é garantia alguma de vitória em primeiro turno.
    E a considerar também que ela não resiste ao primeiro round dum debate com quer quer que seja.
    Uma coisa é ficar deitando falação e invocando índices maquiados na televisão, outra coisa é alguém noutra cadeira trucando…

  3. CESAR - Barraquinha Responder

    Santa inocência desta tal Nanda.
    Ninguém quer perder o poder, e quem perdeu corre que nem ki loko atrás, não se importando se estão fazendo bem ou mal. Pelo menos o governo do PT é o que melhor se saiu até hoje, e não me vem com conversa dos derrotados.

Comente