Uncategorized

O Paraná no rastro de uma lavanderia no Ministério do Trabalho

Documentos em posse da Polícia Federal e do Ministério Público revelam que uma transportadora de Betim pode estar sendo usada para esquentar parte dos R$ 500 milhões desviados da União e para o pagamento de propinas e envolvem o advogado João Graça, do Paraná, no esquema

da ISTO É

Uma transportadora de veículos localizada em Betim, Minas Gerais, pode ser a chave para desvendar um esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propina a autoridades ligadas ao Ministério do Trabalho. A AG Log Transportes foi criada em 2010 por Ana Cristina Aquino, uma emergente social que costuma pagar revistas de celebridades para falar quanto gasta com os eventos que promove. Apesar de não prestar serviços a nenhuma grande empresa, a transportadora declarou ter faturado, de junho de 2012 a junho de 2013, R$ 112 milhões, uma enormidade perto do que faturam empresas do setor.

Em apenas três anos de funcionamento, período que a maioria das companhias leva para maturar um negócio e não embolsar lucros milionários, Ana adquiriu jatinho, helicóptero e uma dezena de carros de luxo – e tem orgulho de tornar pública a gastança. É a origem desse dinheiro que a Polícia Federal quer descobrir.Seria apenas um caso de excentricidade não fossem os detalhes estranhos que envolvem a história. O primeiro deles é a relação entre a AG Log e o advogado paranaense João Graça, integrante da cúpula do PDT nacional e assessor especial do ministro do Trabalho, Manoel Dias. Graça sempre foi braço direito de Osmar Dias, hoje vice-presidente do Banco do Brasil e virtual candidato a qualquer coisa nas eleições do ano que vem no Paraná. Para ler a matéria completa na ISTO É, acesse o link abaixo:

ISTO É

5 Comentários

  1. Luiz Fernando Romanski Responder

    conheço e Dr. joão Graça e é uma pessoa séria. Pena que ele tenha aceitado fazer parte do ministério da quadrilha do PDT.

  2. Otávio Santana Responder

    O que você não citou, Fabio, é que o Osmar é tão ligado ao João Graça que o advogado da campanha do Osmar foi Leandro Rosa, advogado do Escritório do João Graça.

  3. CONHEÇO O JOÃO GRAÇA A ANOS,SEI DE SUA HONESTIDADE E SERIEDADE,EU SEI QUE NO FINAL TUDO SERÁ ESCLARECIDO.

    SEI DE SUA COMPETÊNCIA,EM SERVIR E AJUDAR…QUE DEUS MOSTRE DE FATOS OS CULPADOS..

  4. O Dr. João Graça, parece ser uma pessoa íntegra, acredito que ele pode estar sendo vítima das tramoias. No entanto, a verdade é que a cúpula do partido é formada por uma executiva, que se articula às portas fechadas. Portanto não existem inocentes nesta história.

Comente