Uncategorized

Ativistas permanecem mais de 12 horas em canil irregular no Pilarzinho

De Marina Sequinel e Juliano Cunha, Banda B:

Mais uma denúncia contra um canil irregular deixou as pessoas indignadas em Curitiba. Na manhã deste sábado (2) Rede de Proteção Animal foi checar a situação de 60 cães de pequeno porte em uma casa no bairro Pilarzinho, em Curitiba.

A ação em pleno feriado aconteceu depois que ativistas permaneceram em frente ao local, na rua Raposo Tavares, desde as 23h de ontem, para pressionar as autoridades. Segundo Ana Ribas, uma das organizadoras do ato, a dona do canil mantém os animais em péssimas condições e está envolvida na compra e venda dos cachorros. “Nós temos fotos, vídeos, tudo para provar que essa mulher maltrata os bichos para ganhar dinheiro. A Rede de Proteção tem que fazer alguma coisa já, não dá para esperar. É revoltante”, contou à Banda B.

Ana registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra a dona do canil na última quinta-feira (31). A reportagem da Banda B esteve no local e apontou a presença de cachorros das raças lhasa apso, poodle e cocker.

Os animais foram levados para um abrigo temporário e, em breve, devem ser enviados para doação.

 

* Ana Ribas escreveu ao blog para informar que não entrou com BO contra a dona do canil. Segundo ela, “o que foi dito é que a PM esteve no local na madrugada de sexta pra sábado (01 para 2 de novembro) quando então foi feito um BO de maus tratos a animais contra a pessoa da d.Nadir, dona dessa casa.”

4 Comentários

  1. Sou Ana Ribas, a entrevistada citada nesta matéria, e corrijo a seguinte informação:

    onde se diz:

    “Ana registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra a dona do canil na última quinta-feira (31).”,

    o que foi dito é que a PM esteve no local na madrugada de sexta pra sábado (01 para 2 de novembro) quando então foi feito um BO de maus tratos a animais contra a pessoa da d.Nadir, dona dessa casa.

    É lamentável que tantas vezes na edição de entrevistas nossas palavras sejam distorcidas, muitas vezes causando prejuízos de graus diversos, como foi no meu caso, e por isso peço uma retratação.

    É simples de constatar, basta ouvir a gravação da entrevista.

    Agradeço a compreensão e aguardo providências.

    Ana Ribas

  2. antonio carlos Responder

    Infelizmente temos muita gente bem intencionada metida a cuidar de animais. A coisa vai até bem, mas depois começa a pesar no bolso, aí começam a pedir dinheiro em tudo quanto é canto. E aí vem o pior, como não tem grana nem para se sustentar quem acaba pagando a conta são os bichos. Aonde enfiar tanto bicho? Os ativistas até tem bom coração, mas se bom coração resolvesse alguma coisa não teríamos tanto sofrimento no mundo. Fazer demagogia é fácil, difícil é cuidar dos bichos de verdade .

  3. Gosto muito de animais e concordo com a proteção contra maltratos.
    Porém, não vejo os defensores dos direitos humanos procurarem por violações de direitos humanos por despejos forçados.

  4. Agradeço o atendimento à minha solicitação de correção do texto!

    Abração
    Ana Ribas

Comente