Uncategorized

Mensaleiros terão de pagar R$ 27 mi em multas

A execução das sentenças do mensalão inclui um castigo pecuniário para 16 dos 25 condenados. Juntos, eles terão de desembolsar R$ 27,27 milhões em multas. Não cabe mais recurso. A cobrança é regulada pelo Código Penal. O recolhimento deve ser feito dez dias depois do encerramento do processo (trânsito em julgado). Os devedores podem requerer parcelamento. Se não pagarem, o débito será inscrito na dívida ativa da união, cabendo ao fisco cobrar.

Os R$ 27,7 milhões incluem a atualização monetária. O repórter André de Souza fez as contas valendo-se de dispositivo disponível no site do do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. Os valores oficiais podem variar conforme o dia do pagamento. O dinheiro recolhido irá para o fundo penitenciário. Abaixo, os valores das multas de alguns dos condenados, atualizadas até sexta-feira (15).

– José Dirceu: R$ 1,1 milhão.

– José Genoino: R$ 765 mil.

– Delúbio Soares: R$ 575 mil.

– Roberto Jefferson: R$ 1,2 milhão.

– Marcos Valério: R$ 5,08 milhões.

– Ramon Hollerbach: R$ 4,64 milhões.

– Cristiano Paz: R$ 4,22 milhões.

5 Comentários

  1. E uma pergunta que não quer calar ” E a grana do mensalão ? vai ficar para a aposentadoria dos bandidos no futuro, eta brasilzão mesmo.

  2. QUER DIZER “PAGAR”,POIS VÃO USAR O NOSSO PRÓPRIO DINHEIRO, O QUE ELES ROUBARAM DESDE QUE DERAM O GOLPE EM 2002/2003.

  3. arlindo vieira Responder

    Se os mensaleiros não devolverem esses valores a justiça caiu de vez no descrédito.

  4. -Mais uma vez quem arcará com os custos das multas serão as autarquias federais….pois não será concebível que, além de deixar os “companheiros” presos, mas também devedores!!!!
    -Coitado da Petrobrás e outras bras da vida!!!!
    -E o pior é dinheiro do povo….

  5. Pagar multa !? O STF esqueceu do montante principal.
    Aqui no Brasil o cara rouba, vai “eventualmente” preso, recebe a
    bênção, sai da cadeia e vai usufruir da dinheirama que roubou. De-
    veria ficar preso até a devolução do último centavo. Justiça é justi-
    ça !!!

Comente