Uncategorized

Gleisi Hoffmann perde
o PT de Curitiba

A segunda derrota interna de um candidato apoiado pela ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil), no PT de Curitiba, acendeu o sinal vermelho no staff da candidata ao governo do Paraná, que teme agora sofrer derrotas nas prévias que definirão os rumos do partido no estado em 2014.

Apoiado pelo vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas, o candidato a presidente do PT de Curitiba, Natalino Bastos, derrotou por 861 votos a 646 o líder comunitário Zuca Alves, que tinha a preferência de Gleisi.

A derrota deste domingo lembrou muito ao grupo de Gleisi as eleições internas do partido em 2012 para definição da vice de Gustavo Fruet (PDT). A ministra queria impor a sua candidata, Roseli Isidoro, que acabou perdendo para a novata Mirian Gonçalves.

Mirian contou com o apoio da esquerda do partido e de parte do campo majoritário – mesma condição que levou Natalino à presidência do PT Curitiba neste domingo.

“O grupo de Gleisi e a própria ministra tentam impor seus candidatos de maneira autoritária e pensando apenas nas eleições. Se esquecem da unidade partidária e da relação conturbada que temos com o principal aliado da ministra, o prefeito Fruet”, destacou um militante da chapa vencedora.

Agora, o temor de Gleisi se volta às eleições internas que definirão os candidatos a vice-governador, senador e os partidos com quem os petistas se aliarão no próximo ano. Vale lembrar que André Vargas, que articulou a derrota de Gleisi em Curitiba, quer porque quer ser candidato ao Senado, colocando em risco as possibilidades de aliança com PSD, PCdoB, PTB, PP e PMDB, que também estão de olho na vaga.

6 Comentários

  1. Jorge Anacrônico Responder

    Qua, quá, quá!!!! Agora vamos perguntar o seguinte: O que de útil o casal 20 trouxe de bom para o estado do Paraná? Esta figurinha e o seu maridinho de pouca inteligencia se preocuparam sempre com a legenda a qualquer custo, mas os investimentos de um estado que contribui com PIB nacional de forma determinante, nada em troca, portanto a valeta é o lugar de voces.

  2. Do lado de Natalino estavam o deputado estadual Tadeu Veneri, o vereador Pedro Paulo e a vice prefeita Mirian Gonçalves. Já do lado do Zuca, o casal ministerial Gleisi e Paulo, angelo Vanhoni, Dr Rosinha, Josete, Jonny Stica e os secretarios Roseli, Cordiolli e Massuda.

  3. João Quintana Responder

    Informação errônea: Natalino sai vitorioso pelas mãos do vereador Pedro Paulo. No final das contas ganha a eleição quem tem voto e não somente quem tem cargo importante. Recado direto para alguns!

Comente