Uncategorized

Vereadores de Toledo querem cassar título de cidadão honorário de Pizzolato

De Carlos Ohara, no Terra

Vereadores da cidade de Toledo, a 539 quilômetros de Curitiba, querem revogar o título de cidadão honorário da cidade concedido ao ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no processo do mensalão e considerado foragido da Justiça brasileira. “A manutenção deste título denigre a imagem da população toledana que preserva os valores de integridade e moralidade”, defende o vereador Neudi Mosconi (Solidariedade), um dos autores do projeto de lei que entrou em discussão no plenário na noite de segunda-feira. Se aprovado, será a primeira vez que um título de cidadania será revogado na cidade.

Mosconi espera que o projeto entre na pauta de votação até dezembro. Ele diz contar com apoio de 13 dos 19 vereadores que integram o legislativo toledano. “Só devem votar contra os vereadores da base de apoio do atual prefeito eleito com apoio do PT local”, afirmou o vereador. O atual prefeito de Toledo, Beto Luttini (PMDB), foi eleito por uma coligação envolvendo PT, PDT,PSC, PSDC, PPL. PMDB e PC do B.

Além de Mosconi, outros cinco vereadores assinaram a proposição do projeto. O vereador Tita Furlan (PV) acredita que o título entregue a Pizzolato foi justificado na época. “Mas, agora, na condição de condenado, foragido e procurado pela polícia internacional, não há como manter este título. Se ele mereceu na época, agora ele fez por desmerecer este título de cidadão de Toledo. A população se mostra entristecida com essa situação e com a contínua citação do nome da cidade ligada a ele”, afirma o vereador.

O projeto de lei 235/2013 pede a revogação da Lei 47/1994, que concedeu o titulo de cidadão honorário à Henrique Pizolatto. Na justificativa apresentada, os vereadores assinalam que, “em virtude da fuga do réu e de sua condenação, entendemos que o cidadão citado não é digno de usufruir deste título”. Também assinaram o projeto os vereadores Valtencir Brito (PR), Edinaldo Santos (PSC) e Luiz Johann (PP).

8 Comentários

  1. Para a petezada …. nãopode dar nem bom dia que dir´´a titulo de homenagem….

  2. É nisso que dá vão dando titulo de cidadão honorário, cidadão isso. cidadão aquilo para qualquer um. talvez só porque o cara arrumou uma verbinha para fazer uma creche, que talvez hoje nem funciona, senhores vereadores, tenham paciência, procurem dar titulo para pessoas que foram pioneiros, que ajudaram a crescer a cidade , ou pessoas humildes que não fazem parte da sociedade que esta no poder . mas foram pessoas honestas, trabalhadores, que ajudaram de uma forma ou de outra esse município

  3. Pão e Circo Reply

    Chega desses petralhas! Acorda meu povo de Toledo!!! Chega de Circo.

  4. Parabéns ao vereadores, que assinaram o projeto, não pode manter titulo de cidadão honorário a bandido, tomara que a Itália extradite esse ladrão que falou tanto em combater a corrupção quando foi candidato a governador do Paraná.

  5. QUESTIONADOR Reply

    -Não adiantará cassar o título de cidadão honorário, pois o estrago já foi feito em outorgar esta honraria para qualquer cidadão, ainda mais para pessoas que não a merecem, mas para determinados políticos, propor este tipo de homenagem, é a máxima satisfação pessoal como político, pois não somam em nada na vida das pessoas…
    -Deveriam cassar e processar quem propôs esta sandice em outorgar esta honraria para pessoas desqualificadas!!!
    -Mas tem político que quer somente aparecer bem na foto!!!

Comente