Uncategorized

É ou não discriminação com o Paraná?

É ou não é discriminação? As ministras Gleisi Hoffmann e Izabela Teixeira estarão no sábado, em Marechal Cândido Rondon, para anunciar novidades sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR). Tudo com cara de pré-campanha eleitoral. Mas deverão tentar minimizar ou até mesmo esconder a principal informação referente ao Paraná sobre esse cadastro. Então vamos lá: o governo federal repassou aos estados R$ 323 milhões para a implantação do CAR. E sabe com quanto o Paraná foi agraciado? R$ 450 mil. Ou seja, 0,13% do montante total. Número cabalístico para o PT.

Estados como Pará e Tocantins receberam R$ 100 milhões e R$ 46 milhões, respectivamente. Essas informações todas foram dadas das pela própria ministra do meio ambiente, Izabela Teixeira, durante a 112º Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama). Em tempo: o Paraná é o segundo estado do País com maior número de propriedades rurais. São 532 mil imóveis rurais. Desse total 93% são pequenos agricultores. Mas parece que o governo federal não levou em conta isso na hora da divisão dos recursos.

7 Comentários

  1. O governo do PT quer destruir o Paraná a qualquer custo a fim de colocar algum ptralha para governar o estado

  2. Se o governador fosse do PT a coisa ñ seria assim, o que admira é a ministra que quer se candidatar ao gov.do est tratar assim o Paraná.

  3. A resposta é não, o choro é para os perdedores e incompetentes que é bom resolve tudo com o pouco que tem.

  4. Esse povo aí do governo federal infelizmente nunca teve e não projeto de governo, é apenas projeto de poder, manter-se a todo custo no poder, doa a quem doer inclusive o povo, ora o povo!

  5. Mesmo sabendo que não será publicado, faço uma ressalva nesta informação.
    Seria o fim da picada os paranaenses quererem se comparar com o Pará e com Tocantins. Lá não tem nada! Só tem onça!
    O que o Pará produz? Muito minério de ferro que é exportado e não gera ICMS e acumula créditos contra os cofres do Estado.
    Vejam no Site do CONFAZ e vejam a disparidade na arrecadação.
    Essa conversa é choro de bebe chorão!

  6. Carlos Ernandes Responder

    Sim. A discriminação ocorre. Simples. A população do PR , em 2014, deve julgar

  7. Nem com bolsa esmola os petralas vão conseguir alguma coisa neste estado.O Paraná tem vergonha na cara.Tenho dito.

Comente