Uncategorized

Barbosa deve ordenar mais três prisões hoje

Da Folha de S.Paulo:

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, encerrou os processos dos ex-deputados federais Pedro Corrêa (PP-PE) e Bispo Rodrigues (então no PL-RJ, hoje no PR) e também o do ex-dirigente do Banco Rural Vinícius Samarane, que podem ser presos ainda hoje.

Após negar aos condenados os recursos conhecidos como embargos infringentes, que foram apresentados pelos três, Barbosa certificou o chamado trânsito em julgado (o fim) do processo. A consequência disso é a expedição dos mandados de prisão. O STF não informou quando os mesmos serão expedidos.

Como no caso das primeiras prisões do mensalão os mandados foram expedidos horas após a certificação do trânsito em julgado, a expectativa é que os três sejam detidos ainda hoje.

Com pena de 8 anos e 9 meses, Samarane deverá cumprir pena em regime inicialmente fechado. Corrêa, que recebeu uma pena de 7 anos e 2 meses de prisão, e Rodrigues, com 6 anos e 3 meses, ficarão no regime semiaberto –como os demais condenados que tiveram a pena fixada entre 4 e 8 anos.

Ontem o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou parecer ao STF afirmando não ser cabível o recurso apresentado pelo Bispo Rodrigues, condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Barbosa participa de palestra do 8° Congresso de Jornalismo Investigativo na PUC, no Rio
Ele havia apresentado embargos infringentes sem ter obtido ao menos 4 dos 11 votos do STF por sua absolvição. Ainda estão na Procuradoria para manifestação os recursos dos deputados federais Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT), e de Rogério Tolentino, ex-advogado de Marcos Valério.

Já o delator do esquema, o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), deve passar hoje por uma perícia médica para que Barbosa defina se, devido ao tratamento de um câncer, ele cumprirá pena no presídio ou em prisão domiciliar.

O STF o intimou a comparecer ao Inca (Instituto Nacional de Câncer) na quarta-feira (3) para a perícia. De acordo com a intimação, Roberto Jefferson, que retirou um câncer do pâncreas em 2012, deverá levar ao Inca seus exames pré e pós operatórios, além de laudos e relatórios médicos que dizem respeito ao tratamento da doença.

Quando o laudo do Inca estiver pronto, Barbosa deve seguir o mesmo procedimento adotado para José Genoino, que pede prisão domiciliar por problemas de saúde. Ele pedirá opinião do Ministério Público.

5 Comentários

  1. TEM AINDA BRASILEIRO QUE CRETICA DR,JOAQUIM BARBOSA, OS PT SIM CREDICAM ELE MESMO , MAIS É FARINHA DO MESMO SACO………… BRASILEIROS ESSE HOMEM ACABOU UM POUCO COM O MENSALAO,QUE NINGUEM TINHA CORAGE, NINGUEM

  2. mensaleiro júnior Responder

    TEM QUE MANDAR O GENUÍNO PARA A CADEIA JUNTO COM OS OUTROS. AFINAL ELE PEDIU A OPINIÃO DE UMA JUNTA MÉDICA E OS MEMBROS DESSA JUNTA ATESTARAM QUE O MENSALEIRO PODE IR TRANQUILAMENTE PARA A CADEIA.

  3. critico sim, critico mesmo, e não sou petista.

    veja, o filho tá empregado na Globo num programa do filho de um advogado graúdo cujas causas no STF são julgadas por ele mesmo, criou empresa fantasma para comprar apartamento em Miami para pagar menos impostos usando endereço funcional, o que é probiido por lei, é seletivo, pois não julga o mensalão tucano, bem anterior ao mensalão petista, etc …
    Só quem não tem informação acha o JB um cara decente

Comente