Uncategorized

Valdemar desiste de pedir para ser assessor do PR enquanto preso

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Polivalente Valdemar Costa Neto desistiu de pedir autorização ao STF para trabalhar como assessor do PR enquanto estiver preso em regime semiaberto. O ex-deputado, que renunciou ontem após ter a prisão decretada, acreditava que o pleito seria recusado, pois o partido esteve no centro dos crimes pelos quais foi condenado no mensalão. Valdemar vai apresentar novas opções de emprego à Justiça nas áreas administrativas de um escritório de advocacia, uma imobiliária e um restaurante.

Dinâmica… Dirigentes do PR dizem que Valdemar “aprendeu com os erros” de José Dirceu, que desistiu de trabalhar no hotel Saint Peter, em Brasília, por um salário de R$ 20 mil, após a repercussão negativa do fato.

… de grupo Advogados do ex-deputado estão verificando o histórico e a composição acionária das empresas nas quais ele tem propostas para trabalhar, a fim de evitar escândalos e devassas.

4 Comentários

  1. VALDEMAR C. NETO… AQUI NO PARANÁ NAO SE CRIA OS MENSALAO, SR CICERO VOCE DEVERIA FAZER UMA DUPLA COM SR ESMAEL SERIA….. CICERO E ESMAEL, DUPLA QUE FALA MAL DO NOSSO GOVERNADOR, OU MELHOR ELES FICAM LOUCOS QUANDO APAREÇE AS PESQUIZAS, MAIS É A REALIDADE. VOCES TEM QUE COLOCAR UM POUCO DOS PT QUE APRONTAM NO BRASIL. EM SEUS BLOGS

  2. João Canavial Responder

    Se ele precisar de um emprego para pegar uma cela, tem vaga garantida em Ivailandia, Municipio de Engº Beltrão, como cortador de cana-de-açúcar, tem transporte gratuito e marmita quentinha.

  3. luiz carlos ferro Responder

    Tadeu Rocha, só mesmo esta “PESQUIZA” para dar vantagens aos tucanalhas.

Comente