Uncategorized

Enio Verri reempossado na presidência do PT

Via Assessoria de Imprensa PT Paraná

O deputado Enio Verri foi reempossado na manhã deste sábado (7) presidente do Partido dos Trabalhadores do Paraná para a gestão 2014/2017. O deputado federal Dr. Rosinha será vice-presidente. A solenidade de posse da nova Executiva e Diretório Estadual reuniu mais de 150 petistas, de todas as regiões do estado, na sede do PT-PR, em Curitiba.

Entre os presentes estavam o deputado federal Ângelo Vanhoni; deputados estaduais Elton Welter e Tadeu Veneri; prefeito de Pinhais, Luizão Goulart; secretária municipal de Mulher de Curitiba, Roseli Isidoro; presidenta da APP Sindicado, Marlei Fernandes; secretário nacional de Organização do PT, Florisvaldo Souza; diretora de Mulheres da UNE (União Nacional dos Estudantes), Lays Gonçalves da Silva; além de vices-prefeitos do PT, vereadores e dirigentes estaduais e municipais do partido.

Verri agradeceu os dirigentes que atuaram na gestão 2010/2013. Ele apresentou os avanços do PT nos últimos quatro anos – foi o partido mais votado nas eleições de 2012 – e destacou os desafios para a próxima gestão. “Temos que encontrar novos caminhos para a formação política e ampliação na presença regional, mas principalmente articular a reeleição da presidenta Dilma e a candidatura da ministra Gleisi ao governo do Paraná.”

O dirigente citou a reunião que teve com o ex-presidente Lula na última segunda-feira (2) em São Paulo. “O presidente Lula tem claro o cenário político do Paraná. É a mesma visão que o PT e a bancada tem. Desde o primeiro dia, o governo Richa é perdulário, incompetente, não tem visão de estado, não dá conta das mínimas demandas. Por outro lado, o Paraná está ‘bombando’ de recursos federais. Então nosso trabalho é mostrar isso. O que o governo Richa não fez e o que nós fizemos pelo Paraná.”

Vice-presidente, Rosinha disse que a nova gestão deve manter o ritmo de debates do PED (Processo de Eleições Diretas) para construir um programa eleitoral para o Paraná. “Todas as forças que se levantaram no PED devem se manter em pé para construir um programa de governo e uma grande mobilização para as eleições do ano que vem. O diagnóstico feito sobre o governo estadual é verdadeiro: não podemos manter o Beto Richa no estado, é uma catástrofe. Não é o PT que perde, é o povo, que perde em direitos, em cidadania.”

Fotos: Comunicação PT-PR

1 Comentário

  1. VLemainski - Cascavel Responder

    Acho que boa parte dos recursos estão na estratosfera… Aqui no Oeste não passaram ainda… Existem promessas…
    Uma posse com 150 pessoas de todas as regiões do Paraná?… Quanto prestígio…. Quanta força… Na foto apareceram 38.

Comente