Uncategorized

Janot soa a favor de deixar Jefferson em casa

Do Josias de Souza:

Rodeado pelos jornalistas num evento público, o procurador-geral da República Rodrigo Janot foi questionado sobre o quadro clínico do condenador Roberto Jefferson. Deu a entendender que deve emitir parecer favorável à prisão domiciliar do delator do mensalão.

“O condenado tem de responder pela pena que a lei prevê. Não há pena de coação física. Se houver uma doença que exige tratamento, a decisão será sempre neste sentido”, disse Janot. O procurador-geral esclareceu que ainda não analisou o laudo médico sobre a saúde de Jefferson.

Dono da palavra final sobre a matéria, o ministro Joaquim Barbosa, do STF, não é obrigado a seguir o parecer de Rodrigo Janot. Além de Jefferson, também o petista José Genoino aguarda uma deliberação de Barbosa sobre seu pedido para cumprir a pena em casa. No caso de Genoino, Janot manifestou-se a favor da prisão domiciliar, inicialmente por 90 dias.

Comente