Uncategorized

Eleições devem levar Richa a trocar sete secretários

A exemplo da reforma ministerial que deve começar a ser feita ainda neste mês pela presidente Dilma Rousseff (PT), o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), também deve substituir alguns secretários estaduais que pretendem disputar as eleições de outubro. Possíveis mudanças e nomes de substitutos ainda não são confirmados, mas fontes do Palácio Iguaçu dão como certa a modificação na direção de pelo menos 7 das 29 pastas. As mudanças, caso ocorram, serão realizadas até abril – quando termina o prazo para que pessoas que pretendam ser candidatas deixem os cargos que ocupam no Poder Executivo.

O secretário da Casa Civil, Reinhold Stephanes (PSD), é um dos que deve deixar o governo. Ele vai concorrer ao sétimo mandato de deputado federal, cargo do qual está licenciado. Com a volta dele, o deputado federal Marcelo Almeida (PMDB) perde a cadeira na Câmara.
De saída

Veja quais são os secretários que podem deixar o governo Richa e para qual cargo devem concorrer no Leia Mais.

Deputado federal

• Reinhold Stephanes (Casa Civil)

• Ricardo Barros (Indústria e Comércio)

• Evandro Rogério Roman (Esportes)

• Edson Casagrande (Assuntos Estratégicos)

Deputado estadual

• Ratinho Jr. (Desenvolvimento Urbano)

• Luiz Eduardo Cheida (Meio Ambiente)

• Luiz Cláudio Romanelli (Trabalho e Emprego)

Há a possibilidade de a Casa Civil vir a ser fundida com a Secretaria de Governo até o fim do ano. A pasta de Governo foi criada em março do ano passado para intensificar a articulação política entre o governo e as demais esferas de poder. Hoje, a pasta é comandada pelo deputado federal Cezar Silvestri (PPS). Afastado da Câmara desde 2011, ele já disse que não deve ser candidato. Porém, não está descartada a possibilidade de deixar o governo para concorrer à reeleição.

Outros três secretários estaduais que atualmente não têm mandato tendem a disputar uma vaga na Câmara Federal: Ricardo Barros (PP), da Secretaria de Indústria e Comércio; Evandro Rogério Roman (PSD), do Esporte; e Edson Casagrande (PSB), secretário de Assuntos Estratégicos.

Assembleia

Nos bastidores do Palácio Iguaçu, também se comenta que o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Jr. (PSC), deve deixar a pasta para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Ratinho é deputado federal, mas está licenciado desde agosto de 2012. Ele não esconde o desejo de disputar cargos mais altos e, na Assembleia, teria mais visibilidade e destaque do que voltando à Câmara. Além disso, como Ratinho deve ser bem votado, ajudaria o PSC a formar uma bancada expressiva – o que facilitaria uma suposta pretensão de disputar a presidência da Assembleia em 2015. Com um possível retorno de Ratinho a Brasília, o suplente Prof. Sérgio de Oliveira, também do PSC, perde a vaga.

Já os secretários peemedebistas Luiz Eduardo Cheida (Meio Ambiente) e Luiz Cláudio Romanelli (Trabalho e Emprego), que são deputados estaduais licenciados, tendem a deixar o governo para voltar a ocupar suas cadeiras na Assembleia para disputar a reeleição. Com isso, os atuais suplentes Luiz Carlos Martins (PSD) e Gilberto Martin (PMDB) deixarão a Casa.

9 Comentários

  1. Pois,pois, pois. E o Pissuti, será que vai ser secretário mesmo do Beto? As más linguas dizem que Pissuti será agraciado com um cargão daqueles. Tudo isso em troca de apoios. Mais quar será o cargão? Será um de secretário ou uma vaguinha no TC? Nos bastidores da Alep ja tem gente confirmando que Pissuti se quiser será o novo conselheiro do Tribunar. Uma boa pro pança né Fábio? Bão, não é a toa que Pissuti conseguiu sua aposentadoria devorta, agora se conseguir virar conselheiro do TC o home ta feito.

  2. Hilário Franco Responder

    Quem sabe o governo agora melhore. Menos político que só pensa na própria eleição,

  3. A administração do Paraná, que por sinal está falida, não precisa de políticos. A turma de funcionários e técnicos de carreira leva a máquina, como sempre levou, muito melhor sem a existência desta cambada de pré-candidatos que se utilizam dos cargos para se promover e obter apoio de empresas para a própria eleição. Voto nulo é a solução.

  4. O Prefeito deveria aproveitar e arrumar a casa também.Do jeito que está indo , ele não se elege nem para síndico. Acorda Gustavo!!!!!!!

  5. EU ACHO QUE VICE DO BETO SEM DUVIDA É RATINHO JR, SEM DUVIDA, TODOS ESSES QUE SAO SAIR COM CERTEZA VAO AJUDAR O BETO……GOVERNADOR PORQUE VOCE NAO CHAMA PARA CASA CIVIL OU LUGAR DO RATINHO GUTO SIULVA.

  6. Poça Dágua de Campo Mourão Responder

    E o Marcio Nunes Presidente do Instituto das Aguas do Paraná, também não vai concorrer a uma vaga no legislativo estadual!

  7. jose marcio nantes Responder

    os aspone vao para casa

    assim o governo decola

    secretarios como o Casagrande que foi para o governo para ampliar seus negocios, melhor nao ter secretario

Comente