Uncategorized

Fruet diz que 11 mil crianças estão sem creche em Curitiba. MP diz que são mais de 23 mil

A secretária de Educação de Curitiba, Roberlayne Roballo, diz hoje no Metro que faltam 11 mil vagas para crianças em Curitiba. O jornal apurou que das 11,4 mil crianças que ficaram sem vagas no ano passado, 11 mil continuam fora das creches. Acabar com este déficit de vagas foi uma das principais promessas de campanha de Gustavo Fruet (PDT) e, após um ano à frente da capital, pouco mais de 400 vagas foram criadas, aponta a reportagem. Já nas contas do Ministério Público os números são maiores: passam de 23 mil as crianças sem creche em Curitiba.

4 Comentários

  1. salete cesconento de arruda Responder

    A luta tem que ser em grupo.
    Estamos retomando nossa ONG das VÍTIMAS DE BARULHO por sugestão do oglobo – para alcançar mais repercussão nacional.
    Foi isso que aprendemos com o saudoso Maurício Fruet que NUNCA DEIXOU DE DAR RESPOSTAS a um único cidadão.
    Saudades do Maurício e da Ivente.
    Sempre na LUTA.
    Sempre CONOSCO!
    As fotos que estamos mandando para o Gustavo comprovam que o Maurício estava sempre presente nas comunidades e NUNCA DEIXOU DE DAR UMA SÓ RESPOSTA. Tinha até tempo para trâmite de uma solicitação em qualquer departamento, regional, secretária, COHAB…
    Em geral era de uma semana para explicar sobre os encaminhamentos.
    E no máximo uma mês para soluções.
    Nós?
    Estamos esperando há 11 meses!!!

  2. Vigilante do Portão Responder

    Trabalho árduo?

    MENTIRA!

    Captar recursos para creches, segundo a Dilma, é coisa fácil.

    Um ano de governo Fruet, conseguiram criar APENAS 400 vagas?

  3. antonio carlos Responder

    Alguém da Prefeitura e do MP já se deu ao trabalho de verificar se os papais e mamães destas crianças estão estão todos empregados? Não? E porque não? Perguntar não ofende, porque creche é para filhos e filhas de gente empregada, e não porque papais e mamães tem preguiça de fazer almoço.

  4. Vigilante do Portão Responder

    Em tempo,

    As 400 vagas, são de creches iniciadas na gestão anterior.

    Aliás, a edição de ontem da Gazetona, conhecida como “Pravda”, tal a afinação com os interesses do PT, publica matéria sobre a entrega de moradias pela COHAB.

    Teriam sido, segundo o Jornal, 4190 casas entregues pelo Fruet.

    NADA DE DIZER QUE AS OBRAS ESTAVAM EM ANDAMENTO NA GESTÃO DUCCI.

    São lépidos para dizer que o Ducci deixou dívidas.

    Tanto as casas, quanto as creches, foram projetadas e iniciadas pela gestão anterior.

    A Gazetona OMITIU a informação.

Comente