Uncategorized

Conclusão do Planalto

Do Ilimar Franco:

Analisados os rolezinhos, os ministros do governo avaliam que não são protestos. O tratam como fenômeno social já ocorrido nos Estados Unidos. E que são organizados “por uma garotada de classe média com acesso à internet e a celulares”.

5 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Não parece uma conclusão estúpida. Talvez, tenham consultado fontes de inteligência melhores do que as normais fontes de (des)inteligência que pululam no governo. É evidente que é um movimento de jovens desocupados e entediados da nova classe média, tão decantada pelo lulopetismo como uma conquista social. Tem tablets, smartphones e outros badulaques eletrônicos inacessíveis aos pobres e miseráveis. Estes não tem tempo para fazer rolê em horário de expediente, porque estão trabalhando suadamente pelo pão de cada dia e sacolejando e se sacudindo nos ônibus e trens caindo aos pedaços nas grandes cidades. Estes são trabalhadores, os outros são desocupados que querem curtir com a cara do povo e ganhar seus quinze minutos de fama que a grande mídia lhes concede com grande entusiasmo.

  2. jose marcio nantes Responder

    que tal fazer um rolezinho no palacio do Planalto

    um rolezinho no predio do LULLA

  3. juliano cordeiro Responder

    ROLEZINHO NA CAMARA DOS DEPUTADOS

    ROLEZINHO PARA VISITAR OS MENSALEIROS

    ROLEZINHO NO SENADO FEDERAL

    ROLEZINHO NA PREF. DE SAO PAULO

Comente