Uncategorized

Protesto contra a tarifa do ônibus em Curitiba será dia 20 de fevereiro

“Se a tarifa aumentar, Curitiba vai parar!”, “Redução imediata da tarifa para R$ 2,20!”, “Anulação dos contratos da prefeitura com as empresas do transporte coletivo!” e “Por uma vida sem catracas, tarifa zero já” – são as palavras de ordem da convocação contra a tarifa do ônibus praticada pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT) em Curitiba. O protesto está marcado para o dia 20 de fevereiro, ás 18h, na Boca Maldita. Até agora, 500 pessoas confirmaram a presença na manifestação convocada pelo facebook.

“Não é novidade para ninguém, que mesmo após as massivas manifestações de 2013, as denuncias do TCE, CPI dos transportes e mesmo um relatório da Urbs constatando que a tarifa do ônibus de Curitiba esta superfaturada (deveria ser R$ 2,22), que os empresários e seu maior aliado Fruet querem aumentar a tarifa”, diz a convocatória.

“O empresariado alega que para o sistema rodar precisa cobrar R$ 4 R por passageiro, ou seja, mesmo frente as recentes denúncias de superfaturamento, a ganancia dos empresários não tem limite. A população não deve ficar passiva a mais este abuso, só existe uma solução: Se a Tarifa Aumentar Curitiba deve Parar!”, conclui a nota.

6 Comentários

  1. Joao Marcio Nantes Reply

    CULTURA DE QUE NAO QUER TRABALHAR E QUER TUDO DE GRAÇA, CULTURA IMPLANTADA PELO PT.

    AGORA QUEM PAGA ESTA CONTA, DÁ UMA BICICLETA PARA CADA UM QUE SAI MAIS BARATO.

  2. juliano cordeiro Reply

    quem participa desta bagunça nao é o trabalhador a dona de casa

    saão aqueles folgados que estudam em escolas publicas e nunca termina o curso e quer comer, transporte, estudo tudo de graça;

    vamos acordar cedo e trabalhar .

  3. Povo burro!! Pode ser até importante a redução da tarifa do transporte coletivo, mas existem outras coisas muito mais importantes do que isso, como por exemplo a saúde, educação e o mais importante agora: “Segurança”, pois sem segurança perdemos o nosso direito de ir e vir!! Existem “N”coisas mais importantes que apenas os míseros centavos de uma passagem de ônibus, estão fazendo política porca em cima da prefeitura como coisa que o nosso governo do estado não apronta das suas a exemplo dele ter metido a mão nas contas judiciais do estado, deixando o cidadão sem dinheiro na hora de pegar a sua indenização que estava com a justiça!! Que Brasil é esse? ( Espero que publiquem esta postagem!)…

  4. antonio carlos Reply

    O quebra-quebra e o vandalismo já tem data e horas marcadas. Prefeituras e Estado estão avisados.

Comente