Uncategorized

Gleisi terá Haroldo Ferreira como vice; PDT não conseguiu emplacar Bernardi

HAROLDO_FERREIRA

Da Banda B:

O pedetista Haroldo Ferreira é o candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Gleisi Hoffmann (PT). A decisão, tomada nesta terça-feira (1º) em Curitiba pela Executiva Estadual do PDT, confirma a reedição da aliança entre os dois partidos, que em 2012 culminou com a eleição de Gustavo Fruet (PDT) como prefeito de Curitiba. Ferreira é o presidente estadual do PDT.

Assim, a coligação de Gleisi Hoffmann contará com o apoio de cinco partidos: PT, PDT, PCdoB, PTN e PRB. Ricardo Gomyde, do PCdoB, é o candidato a senador.

A decisão desagradou alguns pedetistas que queriam o vereador Jorge Bernardi (PDT) como candidato ao Senado. De acordo com a Executiva, essa foi a única maneira de garantir a viabilidade da chapa. Agora, falta apenas decidir os candidatos a suplente de senador.

A candidata ao governo destaca que a coligação reúne partidos que estão em sintonia com as propostas de recuperação do desenvolvimento do Paraná. “A primeira mensagem é de agradecimento aos partidos que estão acreditando no nosso projeto. Tenho certeza que será uma parceria de sucesso. Ao longo da campanha, nosso desafio será apresentar as propostas mais consistentes para melhorar a qualidade de vida dos paranaenses e a infraestrutura do estado”, afirma Gleisi.

Na proporcional, para disputa das cadeiras na Câmara Federal estão coligados PT, PDT, PCdoB, PTN e PRB. A aliança se repete para disputa do Legislativo Estadual, com exceção do PTN, que terá chapa avulsa.

O vice

Haroldo Ferreira é médico e presidente em exercício do PDT do Paraná. Foi secretário municipal de Saúde em Araucária e deputado estadual. Também presidiu o Conselho Regional de Secretários de Saúde da região metropolitana de Curitiba.

“É uma honra compor a chapa encabeçada pela senadora Gleisi. Tenho certeza que o PDT pode contribuir com este projeto que vai recolocar o Paraná nos trilhos do crescimento”, comenta Haroldo.

2 Comentários

  1. aldemar antonio pazzetti Responder

    A indicação do Dr. Haroldo foi unanimidade no PDT, portanto agora é trabalhar. O PDT está fortalecido e vai pra luta.

Comente